[1]
Rosário, H. 2018. Émile Benveniste e a dupla significância da língua: a distinção semiótico/semântico. Revista Desenredo. 14, 3 (dez. 2018), 444-456. DOI:https://doi.org/10.5335/rdes.v14i3.8586.