Criatividade na BNCC e em pesquisas atinentes à educação literária: indagações e desvelamentos

inquiries and disclosures

Palavras-chave: criatividade, base nacional comum curricular, educação literária, ensino de literatura

Resumo

Problematiza-se o tratamento dispensado à criatividade no processo de educação escolar, focalizando-se, em seguida, as especificidades da educação literária. As fontes para a pesquisa foram a recém oficializada Base Nacional Comum Curricular e pesquisas contemporâneas desenvolvidas em programas de pós-graduação brasileiros. O que se constata, na análise do documento oficial, é a redução da criatividade a uma dimensão instrumental. Por outro lado, a análise de pesquisas contemporâneas evidencia a coexistência de distintas perspectivas no tocante ao papel da criatividade na educação literária, bem como da educação literária no desenvolvimento da criatividade. Na discussão, é retomada a proposta de superação da crença na criatividade como algo inato ou espontâneo e, na parte final, discute-se como as atuais perspectivas oficiais para o ensino de literatura na escola podem esvaziar tanto o corpo de conteúdos historicamente produzidos sobre a literatura, quanto, também, a especificidade do trabalho do professor de literatura.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Amélia Dalvi, Universidade Federal do Espírito Santo
Departamento de Linguagens, Cultura e Educação; Programa de Pós-Graduação em Letras; Programa de Pós-Graduação em Educação.
Publicado
2019-09-08
Como Citar
Dalvi, M. (2019). Criatividade na BNCC e em pesquisas atinentes à educação literária: indagações e desvelamentos. Revista Desenredo, 15(2). https://doi.org/10.5335/rdes.v15i2.9900

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##