Palavra de mulher: Virgínia Woolf em “Um teto todo seu”

  • Taísa Mara Pinheiro Silva Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto - USP
  • Dantielli Assumpção Garcia Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto - USP
  • Larissa Lopes-Flois Universidade Estadual do Oeste do Paraná
  • Lucília Maria Abrahão e Sousa
Palavras-chave: Discurso; Memória; Virginia Woolf; mulher; ficção

Resumo

Objetivando, neste texto, analisar a obra “Um teto todo seu”, de Virginia Woolf, e o modo como a literata expõe a presença/ausência da produção de mulheres nos cânones literários, nosso trabalho divide-se em quatro partes. Na primeira, faremos uma breve discussão acerca do conceito de memória (Pêcheux, 1999), tal como trabalhado na Análise de Discurso. Na segunda, refletiremos sobre a posição ocupada pela mulher na história da literatura ocidental. Na terceira, apresentaremos quem foi Virginia Woolf e os efeitos que sua voz instalou especialmente com a publicação de “Um teto todo seu”, momento em que traremos uma breve análise de recortes da referida obra. Registramos que esse texto de Virginia Woolf (d)enuncia um não lugar social de expressão e inserção da mulher nos cânones literários e nos espaços de discussão de literatura, o que endereça a mulher a uma posição de marginalizada e inferiorizada em relação ao lugar social do homem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Taísa Mara Pinheiro Silva, Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto - USP
Graduada em Direito pela Universidade de São Paulo (2015) e possui formação continuada em Psicanálise Lacaniana pelo Centro Lacaniano de Investigação da Ansiedade (CLIN-a, Ribeirão Preto, 2016). Atualmente cursa graduação em Psicologia na Universidade Paulista e integra o Laboratório Discursivo: sujeito, rede eletrônica e sentidos em movimento (E-L@DIS – FFCLRP/USP) e o Grupo de pesquisa Discurso e memória: movimentos do sujeito (GEDISME), filiado à Universidade de São Paulo. Pesquisa e escreve sobre os seguintes temas: Psicanálise; Analise do Discurso; Artes; Direitos Humanos; Feminismo.  
Dantielli Assumpção Garcia, Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto - USP
Doutora em Estudos Linguísticos pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2011). Atualmente, realiza uma pesquisa de Pós-Doutorado (A Marcha das Vadias nas redes sociais: efeitos de feminismo e mulher, Apoio Fapesp) na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (USP) sob a supervisão da Profa. Dra. Lucília Maria Abrahão e Sousa. Tem experiência na área de Linguística, com ênfase em Análise de Discurso, História das ideias Linguísticas, atuando principalmente nos seguintes temas: dicionário da língua portuguesa, dicionário da língua brasileira, arquivos, Institutos Históricos e Geográficos, análise do discurso urbano, redes sociais, feminismo, cibercultura, cibermilitância.
Larissa Lopes-Flois, Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Acadêmica do curso de Licenciatura em Letras-Inglês, na Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE. Cursou um semestre de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda, no Centro Acadêmico da Fundação Assis Gurgacz. Cursou 500h de curso de inglês na Polys Idiomas. Participou do Projeto Universo das Ciências, promovido pela Prati-Donaduzzi, em parceria com SESI e SENAI. Pesquisadora do Grupo de Pesquisa "Etnia, Diversidade e Gênero"
Lucília Maria Abrahão e Sousa
Doutora em em Psicologia pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (2002). Livre Docência (2009) em Ciência da Informação pela mesma instituição. Docente com dedicação exclusiva da Universidade de São Paulo, onde dá aulas e orienta alunos de graduação, mestrado e doutorado, além de supervisionar pós-doutorados. Parecerista ad hoc do CNPq e FAPESP. Membro da ABRALIN, ALED, GEL, BRASA, AIL e do GT de Análise do Discurso da ANPOLL. Especialista em Análise do Discurso e psicanálise. Coordenadora do Grupo de Pesquisa "Discurso e memória: movimentos do sujeito", cadastrado junto ao Diretório de Grupos do CNPq. Membro do Fórum do Campo Lacaniano de São Paulo. Bolsista de Produtividade 2 do CNPq.  
Publicado
2019-06-24
Como Citar
Pinheiro Silva, T., Garcia, D., Lopes-Flois, L., & Sousa, L. (2019). Palavra de mulher: Virgínia Woolf em “Um teto todo seu”. Revista Desenredo, 15(2). https://doi.org/10.5335/rdes.v15i2.9083