Leitura e escrita em fanfic: deslocamentos do leitor ao jogador

  • Maria de Lourdes Rossi Remenche Universidade Tecnológica Federal do Paraná
  • Mérie Ellen Weber Oliveira, Mestranda Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Palavras-chave: Letramentos, Multiletramentos, Cibercultura, Fanfic

Resumo

A contemporaneidade é marcada por transformações relacionas não só aos diferentes setores da sociedade, mas também ao modo como os sujeitos interagem na cibercultura e produzem sentidos. Nessa perspectiva, as práticas de leitura e escrita se deslocaram e ganharam novos contornos e possibilidades. Considerando esse contexto, este artigo busca analisar alguns deslocamentos do leitor possibilitados pelas novas mídias. A partir de uma metodologia qualitativo-interpretativista e ancorada nas ideias do Grupo de Nova Londres para discutir os multiletramentos, a análise do gênero fanfic revela que as dimensões propostas pelos teóricos dos multiletramentos para compreender as novas mídias – o agenciamento, a divergência, a multimodalidade e a conceitualização – estão presentes de modo ainda sutil nas fanfics.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mérie Ellen Weber Oliveira, Mestranda, Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Mestranda em Estudos de Linguagens no PPGEL - UTFPR, campus Curitiba, Licenciada em Letras Português-Inglês (UTFPR). Graduada em Comunicação Institucional (UTFPR). Integrante do GRUPLA (Grupo de Estudo em Linguística Aplicada, e Intermidialidade da UTFPR.
Publicado
2019-08-15
Como Citar
Remenche, M. de L., & Oliveira, M. E. (2019). Leitura e escrita em fanfic: deslocamentos do leitor ao jogador. Revista Desenredo, 15(2). https://doi.org/10.5335/rdes.v15i2.8887