Os Tambores Silenciosos: a tríplice mimese, a relação autor/texto/leitor, ficção e a realidade no jogo da intriga literária

  • Eliane Davila dos Santos Universidade Feevale http://orcid.org/0000-0002-8298-7464
  • Juracy Ignez Assmann Saraiva Universidade Feevale
  • Ernani Cesar de Freitas Universidade FeevaleUniversidade UPF
Palavras-chave: Representação, Tríplice mimese, Jogo do texto, Literatura, História

Resumo

Desde o tempo de Aristóteles, o homem procura a compreensão dos textos e das obras de arte. Nesse âmbito, observa-se que a temática literária tem gerado interesse de filósofos que se dedicam a desvendar o propósito da literatura no mundo. A partir desse contexto e com o objetivo de demonstrar como a representação mimética, por meio de sua narrativa, promove a convergência da mimese I, da mimese II e da mimese III, analisa-se a obra Os Tambores Silenciosos1. Como marco teórico, procura-se apoio na perspectiva da tríplice mimese de Paul Ricœur (1994) e nos postulados de Wolfgang Iser (2007) que conduzem ao entendimento do texto como um jogo entre o autor e o leitor. O corpus de pesquisa corresponde ao já citado romance Os Tambores Silenciosos, de Josué Guimarães. A análise direciona à percepção da mimese como uma representação da história, ao estabelecer, no jogo da encenação textual literária, “a intriga”2 dentro de uma linha temporal em que se integram a relação autor/texto/leitor, ficção e realidade.

Biografia do Autor

Eliane Davila dos Santos, Universidade Feevale
Doutoranda e Mestre em Processos e Manifestações Culturais pela Universidade Feevale (2015); Especialistaem Gestão de Serviços pela Unisinos (2003); Gestão de Pessoas pela Unisinos (2001) e Administradora deEmpresas pela Feevale (1997). Bolsista de doutorado pela Prosup/Capes em Processos e ManifestaçõesCulturais na Universidade Feevale, dedicando-se às pesquisas da linguagem, comunicação e análise dodiscurso.
Juracy Ignez Assmann Saraiva, Universidade Feevale
Doutora em Teoria Literária pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul e realizou Pós-doutoradoem Teoria da Literatura pela Unicamp, professora e pesquisadora da Universidade Feevale, onde coordenao Programa de Pós-Graduação em Processos e Manifestações Culturais. É pesquisadora em produtividadedo CNPq.
Ernani Cesar de Freitas, Universidade FeevaleUniversidade UPF
Doutor em Letras, área de concentração Linguística Aplicada (PUCRS/2006) com pós-doutoramento em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem - PUC-SP/LAEL (2011); Mestre em Linguística Aplicada pela (Unisinos/2002). Graduado em Letras - Português/Inglês e respectivas Literaturas, pelo Centro Universitário La Salle (1999). Membro da Associação de Linguística Aplicada do Brasil (ALAB), da Asociación Latinoamericana de Estudios del Discurso (ALED).
Publicado
2018-09-17
Como Citar
dos Santos, E., Saraiva, J., & de Freitas, E. (2018). Os Tambores Silenciosos: a tríplice mimese, a relação autor/texto/leitor, ficção e a realidade no jogo da intriga literária. Revista Desenredo, 14(2), 317-331. https://doi.org/10.5335/rdes.v14i2.8071
Seção
Artigos