Escrita acadêmica: a resenha como produto de retextualização

  • Anne Carolline Dias Rocha Prado Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia
  • Márcia Helena de Melo Pereira Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia
Palavras-chave: escrita acadêmica. resenha. retextualização.

Resumo

Neste trabalho, encaramos a resenha acadêmica como um produto de retextualização. Ancorados em Marcuschi (2010) e Matencio (2002), entendemos a retextualização como um processo de transformação de um texto em outro, que envolve aspectos linguísticos, textuais, discursivos e cognitivos. Dessa forma, pretendemos descrever as operações textuais e discursivas envolvidas no processo de retextualização de um curta-metragem para a escrita de uma resenha acadêmica. Para isso, utilizaremos uma resenha acadêmica escrita por uma dupla de estudantes universitários, e seus dados processuais, a partir do curta metragem Vida Maria. Nossas análises mostraram que, na resenha analisada, os nossos sujeitos estabeleceram uma relação com o curta metragem, ao mesmo tempo em que se posicionaram como avaliadores da obra, mantendo, para isso, um vínculo com a estrutura retórica do gênero e com o texto-base.

Biografia do Autor

Anne Carolline Dias Rocha Prado, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia
Mestranda do Programa de Pós-graduação em Linguística da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb).
Márcia Helena de Melo Pereira, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia
Doutora em Linguística Aplicada pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Professora adjunta do Departamento de Estudos Linguísticos e Literários (Dell), e docente do quadro permanente do Programa de Pós-Graduação em Linguística (PPGLin), ambos da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), campus de Vitória da Conquista.
Publicado
2018-09-17
Como Citar
Prado, A. C., & Pereira, M. H. (2018). Escrita acadêmica: a resenha como produto de retextualização. Revista Desenredo, 14(2), 255-273. https://doi.org/10.5335/rdes.v14i2.7992
Seção
Artigos