Traduções do fantástico de Roald Dahl: um estudo baseado no corpus da obra Charlie and the Chocolate Factory

  • Talita Serpa Universidade Estadual Paulista
  • Priscila Taconi Geromini UNIÃO DAS FACULDADES DOS GRANDES LAGOS
  • Andreia Regia Nogueira do Rego UNIAO DAS FACULDADES DOS GRANDES LAGOS
Palavras-chave: Literatura Infantil Fantástica, Linguística de Corpus, Estudos da Tradução Baseados em Corpus, Roald Dahl

Resumo

O presente trabalho analisa a tradução da obra de Roald Dahl, Charlie and the Chocolate Factory (1964) para o Português no que tange o léxico voltado à Literatura Infantil Fantástica. Para tanto, valemo-nos da Literatura Infantil (COELHO, 1991, 2000), da Literatura Fantástica (TODOROV, 1975; HELD, 1980), bem como salientamos os Estudos do Léxico (BIDERMAN, 1987), a Linguística de Corpus (BERBER SARDINHA, 2000) e os Estudos da Tradução Baseados em Corpus (BAKER, 1993, 1996; CAMARGO, 2005, 2007). Comparamos o texto traduzido (TT) ao texto original (TO) com o auxílio do software WordSmith Tools, a fim de reconhecer frequência e concordância de itens lexicais presentes na escrita de Dahl, os quais retomam fatores pertinentes ao mundo mágico. Sendo assim, traçamos caminhos para a análise dessa linguagem tanto na Língua Fonte quanto na Língua Meta, salientando o modo como se relacionam na concepção do maravilhoso para o público infantil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Talita Serpa, Universidade Estadual Paulista
DOUTORANDA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ESTUDOS LINGUÍSTICOS DA UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA. Professora Titular do curso de graduação em Letras, Tradutor e Intérprete da União das Faculdades dos Grandes Lagos.
Priscila Taconi Geromini, UNIÃO DAS FACULDADES DOS GRANDES LAGOS
BACHAREL E LICENCIADA EM LETRAS COM HABILITAÇÃO PARA TRADUÇÃO PELA UNIÃO DAS FACULDADES DOS GRANDES LAGOS
Andreia Regia Nogueira do Rego, UNIAO DAS FACULDADES DOS GRANDES LAGOS
Doutora pelo Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Estadual Paulista, câmpus de São José do Rio Preto, Área de concentração: Literatura. Coordenadora e Professora Titular do curso de graduação em Letras, Tradutor e Intérprete da União das Faculdades dos Grandes Lagos
Publicado
2017-10-19
Como Citar
Serpa, T., Geromini, P., & do Rego, A. (2017). Traduções do fantástico de Roald Dahl: um estudo baseado no corpus da obra Charlie and the Chocolate Factory. Revista Desenredo, 13(2). https://doi.org/10.5335/rdes.v13i2.7244
Seção
Artigos