Recepção da literatura eletrônica infantil: entre a virtualização e a atualização

  • Penha Élida Ghiotto Tuão Ramos UENF
  • Pedro Lyra UENF
  • Analice de Oliveira Martins UENF
Palavras-chave: Literatura infantil, literatura eletrônica ou digital, virtualização, atualização.

Resumo

Este artigo é um recorte da pesquisa intitulada “Literatura eletrônica infantil: da virtualização à atualização no ciberespacinho”, realizada junto ao Programa de Pós-Graduação em Cognição e Linguagem do Centro de Ciências do Homem, da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, entre 2013 e 2015. Nele são discutidas questões relacionadas à leitura, especialmente aquelas advindas com as tecnologias digitais, tendo como principal finalidade verificar a recepção dada à literatura eletrônica infantil, especialmente no que tange à leitura significativa. Utilizando uma abordagem metodológica qualitativa e quantitativa, foram analisados alguns hipertextos construídos pela escritora e ilustradora Angela Lago e verificada a sua recepção pelo público infantil. Os resultados indicaram o uso de uma linguagem eletrônica como matéria-prima da literatura infantil, exigindo novos modos de leitura e de ensino.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Penha Élida Ghiotto Tuão Ramos, UENF
Mestre em Cognição e Linguagem
Pedro Lyra, UENF
Doutor em Letras pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Professor Titular de Poética da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro. Áreas de interesse: Poesia, Discurso, História, Ideologia, Dialética, Criação, Cultura de Massa, Pós-Moderno.
Analice de Oliveira Martins, UENF
Doutora em Estudos de Literatura pela PUC-RIO. Professora colaboradora do Programa de Pós-Graduação em Cognição e Linguagem da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro. Áreas de interesse: Literatura Brasileira, Teoria da Literatura, Estudos Culturais, Linguagem e Tecnologias da Comunicação.
Publicado
2015-12-15
Como Citar
Ghiotto Tuão Ramos, P., Lyra, P., & de Oliveira Martins, A. (2015). Recepção da literatura eletrônica infantil: entre a virtualização e a atualização. Revista Desenredo, 11(2). Recuperado de http://seer.upf.br/index.php/rd/article/view/5380
Seção
Artigos