Revista Brasileira de Ensino de Ciências e Matemática http://seer.upf.br/index.php/rbecm <p>&nbsp;</p> <p>As <strong>submissões</strong> de artigos para a RBECM estão <span style="text-decoration: underline;"><strong>ABERTAS</strong></span>.</p> <p>&nbsp;</p> <p>&nbsp;</p> <p>A<strong>&nbsp;RBECM</strong> possui publicação semestral sob a responsabilidade do Programa de Pós Graduação em Ensino de Ciências e Matemática (PPGECM), voltada exclusivamente para a pesquisa na área de ensino/aprendizagem de Ciências (Física, Química, Biologia ou Ciências Naturais, quando enfocadas de maneira integrada) e Matemática.</p> <p>Este periódico tem como objetivo principal a divulgação aberta de trabalhos relevantes e originais em pesquisa em ensino de Ciências e Matemática para a comunidade internacional de pesquisadores.</p> <p>ISSN:&nbsp;<strong>2595-7376</strong></p> Universidade de Passo Fundo pt-BR Revista Brasileira de Ensino de Ciências e Matemática 2595-7376 <p>Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença&nbsp;<strong><a id="LPlnk951166" href="https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/deed.pt_BR" target="_blank" rel="noopener noreferrer" data-auth="NotApplicable">https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/deed.pt_BR</a></strong></p> <p>&nbsp;<img src="http://i.creativecommons.org/l/by-nc-nd/4.0/88x31.png" alt="Creative Commons License"></p> EXPEDIENTE http://seer.upf.br/index.php/rbecm/article/view/12922 Aline Locatelli ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 2021-09-03 2021-09-03 4 2 10.5335/rbecm.v4i2.12922 EDITORIAL http://seer.upf.br/index.php/rbecm/article/view/12923 Roque Ismael da Costa Güllich ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 2021-09-03 2021-09-03 4 2 10.5335/rbecm.v4i2.12923 A CÉLULA NO ENSINO DE BIOLOGIA: PAPEL DO LIVRO DIDÁTICO E CONCEPÇÕES DE ENSINO http://seer.upf.br/index.php/rbecm/article/view/11216 <p>A célula é a menor unidade estrutural e funcional dos diferentes organismos vivos, sendo capaz de existir de maneira independente. Todos os seres vivos são formados por uma ou várias células que são extremamente pequenas; desta forma, só é possível analisar, compreender e estudar com o auxílio de um microscópio. Os livros didáticos são uma das ferramentas mais utilizadas nas escolas, tanto pelos alunos quanto pelos professores. O conteúdo de biologia celular é apresentado de maneira detalhada e ricamente ilustrada nos livros didáticos; assim, torna-se imprescindível conhecer o que as pesquisas recentes apontam sobre o estudo da biologia celular mediado pelo livro didático. Para isso, a presente pesquisa de caráter bibliográfico-documental analisou as concepções de ensino de biologia celular e o papel atribuído ao livro didático em oito dissertações e três teses. Sobre as concepções de ensino houve predominância da concepção emancipatória, seguida da prática. Não houve indícios da concepção técnica. Os resultados apontam para uma tendência de ensino pautada na interação entre os sujeitos mediada por processos reflexivos. Com relação ao papel atribuído ao livro didático, foi possível identificar que os trabalhos expressam que ele tem função referencial e instrumental, ou seja, o papel do livro didático é pôr em prática métodos de aprendizagem com atividades e exercícios, sendo ele um fiel tradutor do programa curricular.</p> Mariane Beatriz Karas Erica do Espirito Santo Hermel ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 2021-03-01 2021-03-01 4 2 10.5335/rbecm.v4i2.11216 ABORDAGEM DO TEMA SOCIOAMBIENTAL “LIXO EM MEIO AQUÁTICO”: UMA ESTRATÉGIA REFLEXIVA COM ENFOQUE CTS NO ENSINO DE QUÍMICA http://seer.upf.br/index.php/rbecm/article/view/11302 <p>Este estudo teve por finalidade analisar as contribuições do tema socioambiental “Lixo em Meio Aquático” para promover a reflexão e o posicionamento de estudantes do Ensino Médio frente às relações ciência, tecnologia e sociedade no mundo contemporâneo. Para tanto, adotamos a pesquisa qualitativa, que direciona para a compreensão dos fenômenos que ocorrem em situações de aprendizagem. A pesquisa contou com a participação de 18 alunos dos três níveis do Ensino Médio de uma escola pública. Os dados foram coletados mediante o desenvolvimento de um curso temático, por meio de produções textuais e discursos registrados em relação à participação dos estudantes durante as atividades. Esses dados foram tratados de acordo com os pressupostos da Análise Textual Discursiva e estruturados a partir de subtemas abordados no curso. Os resultados obtidos indicam que a proposta contribuiu para que os estudantes conseguissem estabelecer relações entre os saberes cotidianos e químicos a partir do tema trabalhado. Nesse sentido, a estratégia favoreceu a conscientização e reeducação socioambiental dos participantes da pesquisa.</p> João Bosco Paulain Sidilene Aquino de Farias ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 2021-08-31 2021-08-31 4 2 10.5335/rbecm.v4i2.11302 ADOLESCER EM CORPO, MENTE E AFETO: UM ESTUDO SOBRE DESENVOLVIMENTO DE VALORES E ATITUDES A PARTIR DO ENSINO DE CIÊNCIAS http://seer.upf.br/index.php/rbecm/article/view/11222 <p>Os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs) do Terceiro e Quarto Ciclos do Ensino Fundamental das Ciências Naturais referenciam ações educativas que significam a adolescência considerando a necessária interação entre a marca orgânica, a puberdade, e os sentidos produzidos cultural e socialmente sobre o corpo e a identidade nesta fase do desenvolvimento humano. À docência em Ciências implica na construção relacional de conhecimentos, valores e atitudes para um adolescer que responda às demandas sobre si, de modo crítico, cognitiva e afetivamente, para manutenção da integridade corporal, da saúde reprodutiva e do comportamento sexual. Esta pesquisa teve por objetivo analisar os alcances das ações e práticas na educação em Ciências na adolescência a partir do conteúdo da fala de estudantes do 9º Ano. Para isso utilizou-se como método de coleta de dados, o Grupo Focal e como instrumento de análise, a Análise do Conteúdo proposta por Bardin. Emergiram três categorias: na primeira, o fator gênero é tomado como referência para indicar as variações de autoimagem e autovalor atribuídos a si mesmos pelos adolescentes; na segunda, autoavaliação da aparência física está relacionada aos padrões culturais de beleza e de ideal do corpo, recaindo sobre os seus valores e julgamentos, potencializando sentimentos de inadequação pela não correspondência às expectativas do modelo predominante; e a terceira, assinala a ausência de uma fonte segura na escola para tomada de decisões. A pesquisa concluiu, neste contexto, que a escola não é um lugar de fala para o adolescente, por tratar de temas ligados a adolescência com impessoalidade, centrando-se no viés biológico da puberdade e negligenciando as questões psicossociais, emocionais e culturais que o adolescer demanda.</p> Gabriela Messias Silva José Adriano Cavalcante Angelo Jemima Queiroz da Silva ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 2021-01-29 2021-01-29 4 2 10.5335/rbecm.v4i2.11222 ANÁLISE DE ASPECTOS SOCIOCIENTÍFICOS EM LIVROS DIDÁTICOS DE QUÍMICA PARA A SEGUNDA E TERCEIRA SÉRIES DO ENSINO MÉDIO http://seer.upf.br/index.php/rbecm/article/view/11605 <p>Investigar diferentes possibilidades a partir do emprego do livro didático em sala de aula é fundamental quando se reconhece a importância desse recurso didático, ao ponto de se tornar o único instrumento de estudo para o aluno e de apoio ao professor, em alguns contextos, devido à ampla distribuição promovida pelo Programa Nacional do Livro Didático (PNLD). A abordagem de Aspectos Sociocientíficos (ASC), dentre as várias concepções de ensino de Química, utiliza a contextualização com base em temas socialmente relevantes mobilizados pela discussão de controvérsias, pautadas no conhecimento científico. Assim, investigar a presença de ASC nos livros didáticos de Química pode auxiliar os professores a empregar essa concepção de ensino. Esta pesquisa foi centrada na análise dos livros de Química destinados à segunda e terceira séries do Ensino Médio pelo PNLD. A metodologia empregada foi a análise de conteúdo baseada nos indicadores: tema global, presença de controvérsia e critérios de relevância para classificar os textos em potenciais promotores de discussões sociocientíficas. Posteriormente foi delimitado o tipo de abordagem e o tipo de controvérsia apresentados. Em geral, a análise dos livros da segunda série do ensino médio apresentou poucos fragmentos com potencial de abordagem ASC. Além disso, é possível perceber que a maioria as obras têm algum potencial de fomentar discussões ASC em sala de aula, mas os livros não trazem todos os elementos necessários para que a discussão da controvérsia se desenvolva, fato que dependerá dos professores e alunos. Como o esperado, a obra com maior incidência, ainda que não na maioria de suas unidades de contexto, é a obra Química Cidadã, por ser construída nessa abordagem.</p> João Paulo Stadler Mariana da Silva Azevedo ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 2021-04-22 2021-04-22 4 2 10.5335/rbecm.v4i2.11605 CARTAS À PAULO FREIRE: (DES)ESPERANÇA DE PROFESSORES(AS) EM TEMPOS DESINTERESSANTES http://seer.upf.br/index.php/rbecm/article/view/11523 <p>O artigo retrata uma experiência pedagógica realizada no âmbito da disciplina de Teorias de Aprendizagem, em um Curso de Mestrado Profissional em Ensino de Ciências, de uma instituição pública federal de Mato Grosso do Sul. Foi solicitada aos pós-graduandos a escrita de uma carta respondendo a uma das três Cartas presentes na obra “Pedagogia da Indignação: Cartas pedagógicas e outros escritos”, de Paulo Freire. A atividade objetivou analisar a situação atual de vida e formação dos professores, tomando como pressuposto a teoria freiriana, por meio do gênero textual preferido de Freire: as cartas. Participaram da atividade 18 mestrandos, a maioria professores convocados em redes públicas de ensino, que ministram disciplinas de Biologia, Química, Física e/ou atuam nos anos iniciais do ensino fundamental, como professores regentes. A análise das cartas foi feita por meio da análise categorial de Bardin (2016), observando-se a pré-análise, a exploração do material e o tratamento dos resultados, a inferência e a interpretação. Na exploração do material, primeiramente foi analisado o conjunto das informações, buscando-se categorias, unidades de registro e sua frequência e, na sequência, foram agrupadas em três grupos, tendo como referência a carta de Freire respondida pelos(as) mestrandos(as). Foram identificadas as seguintes categorias: Paulo Freire, Educação, Esperança, Desesperança/medo; Mudanças/transformações; Democracia/democratização; Consciência Humana; Professores/educadores; Alunos/ estudantes/crianças/ jovens; Riscos/perdas. Os diálogos dos(as) mestrandos(as) com o autor, por meio das cartas, denotaram a compreensão de aspectos centrais da Pedagogia e da Epistemologia de Freire. As cartas denotam o desenvolvimento mais acentuado da consciência crítica dos(as) mestrandos(as), mediante a análise da complexa realidade vivida por eles(as) e a compreensão e aplicação das categorias centrais da obra de Freire, o que permite concluir que os objetivos da atividade foram alcançados.&nbsp;</p> CARLA BUSATO ZANDAVALLI LILIAN ANDRESSA OLIVEIRA OLEGÁRIO BRENDA TAVELLA OLIVEIRA ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 2021-03-01 2021-03-01 4 2 10.5335/rbecm.v4i2.11523 CONTROVÉRSIAS SOBRE VACINAS: O QUE PENSAM OS ESTUDANTES? http://seer.upf.br/index.php/rbecm/article/view/11487 <p>A vacina é um marco na história da humanidade, pois sua eficácia garantiu que diversas doenças fossem erradicadas. Entretanto, é perceptível que o número de pessoas que buscam a imunização vem decaindo, fazendo com que doenças, como o sarampo, ressurjam. Com o intuito de engajar alunos em práticas que favorecem o processo de Alfabetização Científica, este trabalho buscou analisar a construção de argumentos elaborados por alunos do 1º ano do Ensino Médio nas aulas de Biologia, por meio de uma sequência de ensino investigativa baseada no tema vacina, já que temáticas que envolvem o enfoque científico e social mostram aos alunos como ocorre a integração ciência, tecnologia e sociedade. A análise dos discursos orais dos alunos evidencia o surgimento de ricos debates sobre o tema. Todavia, os textos escritos de alguns evidenciam argumentos controversos, em que refutadores se opõem completamente às conclusões. Verificou-se ainda argumentos semelhantes aos divulgados em canais de informação, em que a vacinação é apresentada como decisão individual.</p> Gleice Prado Lima Adjane da Costa Tourinho e Silva Divanízia do Nascimento Souza ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 2021-04-22 2021-04-22 4 2 10.5335/rbecm.v4i2.11487 O JOGO DA MEMÓRIA COMO RECURSO PEDAGÓGICO http://seer.upf.br/index.php/rbecm/article/view/11048 <p>Há algumas décadas a sociedade passa por profunda transformação cultural pautada na informática. O uso intenso de tecnologia está presente em produtos, bens e serviços, sejam eles para a mobilidade urbana, produção de alimentos, controle sanitário, produção de medicamentos, ou uso pessoal como os computadores e os celulares, cada vez mais presentes na vida dos jovens. Essa mudança cultural oferece oportunidades para o aprendizado da Matemática no âmbito escolar. O jogo, e, portanto, o brincar, é um importante recurso para potencializar o aprendizado dos estudantes no Ensino Fundamental. O presente trabalho investigou a elaboração de versões online e física do Jogo da Memória e seu uso como recurso pedagógico para auxiliar a aprendizagem de conceitos de matemática utilizando a troca simbólica entre algarismos indo-arábicos e egípcios. A pesquisa foi realizada com estudantes de duas Escolas Estaduais de Campo Grande-MS. Os resultados apontam que a complexidade gradativa dos caracteres e a exigência de realização de operações matemáticas podem alterar a tipologia da resposta dos estudantes, por outro lado, diferentes atividades, independente do uso ou não da informática, potencializam a aprendizagem dos conceitos matemáticos e a assimilação das trocas simbólicas.</p> João Carlos Leal Cunha Edmilson de Souza ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 2021-03-01 2021-03-01 4 2 10.5335/rbecm.v4i2.11048 O USO DE MAPAS CONCEITUAIS COMO INSTRUMENTO DE ENSINO E AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA DOS CONCEITOS RELACIONADOS A QUÍMICA DO PETRÓLEO http://seer.upf.br/index.php/rbecm/article/view/10989 <p>O Ensino de Química é comumente estruturado em torno de atividades que levam à memorização de informações e repetição mecânica de conceitos, o que pode culminar na limitação do aprendizado dos alunos. Dentro deste contexto, é necessário procurar executar novas propostas e estratégias de ensino e aprendizagem, assim como materiais e instrumentos potencialmente significativos, a fim de viabilizar a amplificação da qualidade do ensino. Nesta perspectiva, Mapas Conceituais apresentam-se como instrumentos flexíveis e dinâmicos, que podem ser utilizados em sala de aula ou laboratório. Deste modo, o objetivo principal deste trabalho foi a utilização de Mapas Conceituais com intuito de contribuir para uma aprendizagem mais significativa dos alunos da parte experimental da disciplina de “Tecnologias Regionais II” do Curso Técnico em Química do Instituto Federal Fluminense (IFFluminense) <em>campus</em> Campos Centro. Os mapas foram elaborados a partir do <em>software</em> <em>CmapTools</em>, e posteriormente anexados ao material didático de duas turmas do módulo IV do Curso Técnico em Química, os quais foram utilizados durante o segundo semestre letivo de 2018. Em busca de evidências da eficácia da utilização dos Mapas Conceituais para contribuir para uma aprendizagem mais significativa, foi introduzido um Questionário de Opinião contendo perguntas mistas a fim de detectar a percepção dos discentes acerca do instrumento de ensino utilizado. Mapas Conceituais também foram utilizados como instrumentos de avaliação, os quais foram elaborados pelos estudantes em três momentos distintos, sendo estes, ao início do semestre e ao final do primeiro e segundo bimestres. Esses mapas tinham intuito de procurar indícios que apontassem para uma aprendizagem mais significativa, assim como, averiguar a evolução conceitual dos discentes. Por meio da análise dos questionários e dos Mapas Conceituais elaborados pelos educandos, observou-se, de modo geral, uma evolução conceitual progressiva e sinais apontando para uma aprendizagem mais significativa, além de indicar que materiais potencialmente significativos podem contribuir para auxiliar no processo de ensino e aprendizagem.</p> Sandralice Marins da Silva Dias Wagner da Silva Terra ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 2021-04-22 2021-04-22 4 2 10.5335/rbecm.v4i2.10989 OS REGISTROS GRÁFICOS NO CONTEXTO DO ENSINO DE CIÊNCIAS POR INVESTIGAÇÃO: EM FOCO O PROGRAMA DE RESIDÊNCIA PEDAGÓGICA http://seer.upf.br/index.php/rbecm/article/view/11157 <p>No contexto do Programa de Residência Pedagógica foram organizadas ações que possibilitaram a discussão do Ensino de Ciências por Investigação (ENCI) nos anos iniciais do Ensino Fundamental como uma ferramenta para a construção de habilidades científicas. Com essa perspectiva, este trabalho objetiva investigar se o aluno, ao se engajar em atividades de cunho investigativo, pode aprimorar o processo de produção de textos escritos. O percurso metodológico foi estruturado incluindo uma revisão bibliográfica e uma pesquisa qualitativa, com um caráter de estudo de caso. Os dados foram categorizados de acordo com a técnica de Análise de Conteúdo, a qual evidenciou a necessidade de ampliação de estudos teóricos e práticos que fomentam discussões acerca do ENCI no âmbito da leitura e da escrita. Os registros, provenientes de ações investigativas, podem favorecer a inserção da criança em processos associados ao fazer científico, como a necessidade de escrever e comunicar seus achados, compreendida como uma atividade inerente ao trabalho investigativo.</p> Alice Helena Bertola Tatiana Schneider Vieira de Moraes ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 2021-08-17 2021-08-17 4 2 10.5335/rbecm.v4i2.11157 PERSPECTIVAS DE LICENCIANDOS EM FÍSICA SOBRE A EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS http://seer.upf.br/index.php/rbecm/article/view/10817 <p>O presente estudo buscou compreender quais são os entendimentos sobre o conceito, os sujeitos, o ensino e a aprendizagem na Educação de Jovens e Adultos (EJA), de licenciandos de um curso de licenciatura com habilitação em Física de uma universidade pública federal localizada na Região Metropolitana de Porto Alegre. Para isso, utilizou-se de entrevistas gravadas em áudio, posteriormente, analisadas sob o olhar da Análise Temática, descrita por Braun e Clarke (2006). De acordo com as análises realizadas, os achados da pesquisa mostraram que os licenciandos:&nbsp; pouco sabem o que é a EJA; percebem os alunos da EJA como um público diversificado;&nbsp; entendem que os alunos desta modalidade não possuem interesse pelos estudos; acreditam que os alunos da EJA aprendem de forma lenta e dificultosa; mencionam a importância da realização de sondagem junto aos alunos, para o planejamento da aula; apostam, preferencialmente, em metodologias tradicionais, sugerindo, também, metodologias ativas e a mescla dessas. Por fim, os resultados apontam a necessidade de repensar os currículos dos cursos de licenciatura em Física e de um maior investimento em pesquisas sobre o Ensino de Física na EJA.</p> Larissa Carniel da Silva Patrícia Ignácio Tobias Espinosa ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 2021-03-01 2021-03-01 4 2 10.5335/rbecm.v4i2.10817 PROCESSOS FORMATIVOS E MEDIAÇÃO EM CENTROS E MUSEUS DE CIÊNCIAS: O CASO DE UM CENTRO DE CIÊNCIAS DE VITÓRIA/ES http://seer.upf.br/index.php/rbecm/article/view/11070 <p>A pesquisa tem por objetivo compreender os processos formativos que influenciam na constituição dos sujeitos quanto aos seus saberes e fazeres da mediação em um centro de ciências. Para alcançar o objetivo assumimos como delineamento metodológico o estudo de caso e como sujeitos os mediadores de um centro de ciências de Vitória – ES. Os dados foram produzidos por meio da participação como mediador voluntário do primeiro autor dessa pesquisa que realizou duas rodas de conversa que foram gravadas em áudio e posteriormente transcritas. Os dados foram analisados a partir do referencial freiriano em articulação com os saberes docentes e os saberes da mediação em centros de ciências. Os resultados demonstraram influência das mídias eletrônicas como fonte de inspiração bem como os processos de escolarização, principalmente no que se refere aos saberes pedagógicos. Outro aspecto evidenciado é o processo de formação centrado na autoformação dos mediadores.</p> Jonathan Pires Janjacomo Geide Rosa Coelho ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 2021-04-22 2021-04-22 4 2 10.5335/rbecm.v4i2.11070 QUESTÃO SOCIOCIENTÍFICA SOBRE O USO MEDICINAL DA CANNABIS SATIVA: UMA PROPOSTA DIDÁTICA SEGUNDO A PEDAGOGIA HISTÓRICO-CRÍTICA, http://seer.upf.br/index.php/rbecm/article/view/11617 <p>Este trabalho aborda a questão sociocientífica (QSC) sobre o uso medicinal da <em>Cannabis sativa</em> e tem como objetivo apresentar e discutir uma proposta didática elaborada segundo a pedagogia histórico-critica (PHC), para ser implementada no Ensino Médio. Fundamentada no materialismo histórico, esta pedagogia também forneceu os instrumentos, técnicas e procedimentos de elaboração e análise dos dados. As aproximações e semelhanças que existem entre as QSC e a PHC foram discutidas a partir da análise da proposta. Os resultados demonstraram a importância da educação em ciências que inova ao discutir assuntos científicos controversos que estão presentes na sociedade, considerando aspectos históricos, culturais, econômicos, políticos, científicos, religiosos, entre outros. Incentivar a participação dos estudantes é fundamental no desenvolvimento da argumentação e autonomia.</p> Dezyrê Mendes Peixoto Cinthia Leticia de Carvalho Roversi Genovese ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 2021-05-31 2021-05-31 4 2 10.5335/rbecm.v4i2.11617 SEQUÊNCIA DIDÁTICA PARA O ENSINO INCLUSIVO DE ESTUDANTES COM DEFICIÊNCIA VISUAL: ABORDAGEM DO TEMA ABELHAS http://seer.upf.br/index.php/rbecm/article/view/11099 <p>A inclusão no âmbito escolar descende de muitos estudos e práticas que assegurem o direito dos estudantes de construírem seus conhecimentos juntos. Para que esse direito seja garantido, a escola deve oportunizar meios didático-pedagógicos para esse processo inclusivo acontecer, buscando valorizar a heterogeneidade, tratando a todos com o princípio da equidade. Este trabalho relata uma pesquisa desenvolvida em um curso de Ciências da Natureza Licenciatura, a qual objetivou investigar a pertinência da aplicação de uma sequência didática sobre a temática abelhas, no componente curricular de Ciências na Educação Básica. A metodologia se caracterizou, quanto à abordagem, como qualitativa; quanto aos objetivos, exploratória e, quanto aos procedimentos, como intervenção pedagógica. Teve como lócus uma escola da rede pública municipal e o sujeito uma estudante com deficiência visual matriculada no sétimo ano da escola. Os dados foram analisados segundo a metodologia de Linguagem de Descrição (BERNSTEIN, 2000). A pesquisa foi desenvolvida em quatro etapas, para melhor elucidação sobre o contexto pesquisado. Como resultados, o estudo apresentou que a inclusão de estudantes com deficiência visual no contexto escolar é uma realidade possível e o uso de materiais e recursos adequados, elaborados a partir dos interesses, necessidades, potencialidades e da realidade dos sujeitos, facilitam a interação em sala de aula, propiciando seu desenvolvimento pessoal por meio do estímulo na busca pela construção do conhecimento.</p> Fabiana Gomes Guntzel Franciele Braz de Oliveira Coelho ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 2021-01-29 2021-01-29 4 2 10.5335/rbecm.v4i2.11099 TRILHAS INTERPRETATIVAS EM UNIDADE DE CONSERVAÇÃO:ESPAÇO PEDAGÓGICO PARA O ENSINO DE ECOLOGIA http://seer.upf.br/index.php/rbecm/article/view/11525 <p>A utilização de Trilhas Interpretativas (TI) em Unidades de Conservação (UC) tem sido utilizadas na educação básica e superior como alternativa viável para os conteudos ecológicos. O objetivo da pesquisa foi investigar o ensino e aprendizado de Ecologia da Amazônia (EA) por meio da utilização de TI em UC, valorizando seu(s) ponto(s) de atratividade(s) e o contato do aluno com a (o) flora, solo e recurso hídrico. A metodologia utilizada teve abordagem qualitativa e utilizou uma sequência didática composta por roteiros e fichas de campo como instrumentos norteadores e questionários com mecanismo de coleta de dados. Os sujeitos da pesquisa foram 15 (quinze) alunos pertencentes ao Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas (LCB), do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas (IFAM). As TI em UC demonstraram ser eficientes espaços pedagógicos para o processo de ensino e aprendizagem de EA. Os alunos conseguiram compreender os conteúdos ecológicos, impossíveis de ocorrer em uma aula formal em sala de aula, pois as vivencias em cada TI foram cientificamente enriquecedoras, despertando valor moral, consciência crítica e percepção individual frente aos vários desafios que o Bioma Amazônia enfrenta para manter sua biodiversidade inalterada. O produto educacional elaborado contribuiu para um novo olhar a ser concebido para as UC em termos de utilização, colaborando para a instrumentalização de outros espaços com potencial para o ensino, bem como para o desenvolvimento de aulas mais participativas.</p> Jean Dalmo de Oliveira Marques Dalmo Marques Lais Cássia Monteiro de Souza Barreto Elizalane Moura de Araújo Marques ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 2021-04-22 2021-04-22 4 2 10.5335/rbecm.v4i2.11525 UMA ÁRVORE DIFERENTE: FRACTAL EXPLORATÓRIO NA FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES PEDAGOGOS http://seer.upf.br/index.php/rbecm/article/view/11609 <p class="A-Corpodotexto" style="line-height: normal; margin: 0cm 0cm 10.0pt 0cm;"><span style="font-size: 10.0pt; font-family: 'Arial','sans-serif';">Neste artigo, apresentou-se uma pesquisa qualitativa, a qual teve por objetivo geral investigar visualização em uma construção fractal exploratória envolvendo geometria e formas, grandezas e medidas. Quanto à fundamentação teórica, foram empregadas concepções sobre a habilidade de visualização, destacando-se como ela pode ser explorada na obtenção de dados sobre sequências e padrões obtidos na construção da Árvore Fractal. A pesquisa foi realizada em uma aula na modalidade de ensino remoto, devido ao período de pandemia no transcorrer da disciplina oferecida em um programa de ação continuada a nível de mestrado. A atividade em questão foi dirigida a professoras com formação inicial em Pedagogia, todas em exercício. A aplicação foi feita via plataforma digital online e os dados foram coletados por meio de textos e imagens produzidas pelos seis participantes. Os resultados mostraram que é viável explorar uma outra geometria, tanto na formação continuada quanto na atividade profissional das participantes. </span></p> JOSÉ CARLOS PINTO LEIVAS ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 2021-04-26 2021-04-26 4 2 10.5335/rbecm.v4i2.11609 “VOCÊ JÁ ESTUDOU SOBRE AQUECIMENTO GLOBAL NA ESCOLA?”: CONTRAPONTOS DE ESTUDANTES AMAZÔNIDAS DO CAMPO E DA CIDADE http://seer.upf.br/index.php/rbecm/article/view/10790 <p>Diferentes áreas do conhecimento discutem sobre aquecimento global. A temática suscita muitos debates devido ao dissenso entre pesquisadores e outros setores sociais sobre a existência, as causas e os efeitos do aquecimento da Terra. A escola é um dos espaços onde esse debate comumente ocorre. Considerando que a Amazônia desempenha um papel central na discussão sobre o aquecimento planetário, neste trabalho, investigamos quais as principais fontes de informação sobre aquecimento global a que estudantes têm acesso, bem como se a escola aborda esse assunto. Participaram da investigação 249 estudantes do ensino fundamental em duas escolas municipais de Santarém, Pará, sendo uma na zona urbana e outra na zona rural. Um questionário foi aplicado aos participantes durante aulas de ciências. Os resultados apontam que a escola trabalhava a temática ambiental por meio de exercícios e leituras, principalmente na disciplina geografia. Contudo, aparentemente não abordava alguns elementos estabelecidos nos parâmetros curriculares nacionais e no programa de ensino da rede municipal de educação, à época da pesquisa (2012). A televisão demonstrou ser um meio de difusão frequente da temática entre estudantes. Porém, outras fontes de informação foram relatadas, como a internet, na zona urbana, e o livro didático, na zona rural. Informações da mídia podem ser um instrumento útil de debate na escola, no entanto, o embasamento científico é fundamental para enriquecer a discussão e questionar criticamente informações equivocadas.</p> Nayara Ricele da Costa Tavares Jaílson Santos de Novais ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 2021-04-22 2021-04-22 4 2 10.5335/rbecm.v4i2.10790 A UTILIZAÇÃO DE ORGANIZADORES PRÉVIOS PARA O ENSINO DE ESTEQUIOMETRIA: UMA PROPOSTA DE UNIDADE DE ENSINO POTENCIALMENTE SIGNIFICATIVA http://seer.upf.br/index.php/rbecm/article/view/11599 <p>Este trabalho apresenta uma proposta didática para o ensino de estequiometria com base na teoria da aprendizagem significativa e organizada no formato de uma unidade de ensino potencialmente significativa. O formato da sequência de aulas visa a promover um aprendizado de qualidade, que difere do aprendizado mecânico, tendo em conta que o conhecimento prévio dos alunos influencia fortemente a aprendizagem. Situações e problemas que envolvem o relacionamento com ingredientes e receitas culinárias são utilizados aqui para agregar novos conhecimentos. A justificativa para o desenvolvimento dessa estratégia de ensino é que a estequiometria é identificada como um assunto desafiador devido à necessidade do uso e da interpretação de linguagens químicas, físicas e matemáticas. Como resultado, espera-se que esta unidade contribua para a melhor compreensão dos conceitos de estequiometria e promova o uso de materiais de aprendizagem potencialmente significativos, além de demonstrar a construção de relações lógicas com o conhecimento científico e o distanciamento do ensino de química com base apenas na memorização de conteúdos.</p> <p>&nbsp;</p> Franciele Tatiana Haupt Daniele Trajano Raupp Vladimir Lavayen ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 2021-04-22 2021-04-22 4 2 10.5335/rbecm.v4i2.11599 UMA IMPLEMENTAÇÃO DE MODELOS MATEMÁTICOS DE MÁQUINAS SÍNCRONAS EM MATLAB/SIMULINK COMO ATIVIDADE INTERDISCIPLINAR http://seer.upf.br/index.php/rbecm/article/view/11624 <p>Na disciplina de máquinas elétricas, ofertada em cursos técnicos e cursos de engenharia voltados à área elétrica, estuda-se um dos principais componentes utilizados em sistemas de geração de energia elétrica: a máquina síncrona. A compreensão do funcionamento dessa máquina requer um conhecimento prévio de disciplinas como física e matemática. Física para o estudo do momento de inércia, coeficiente de atrito, interação entre campos magnéticos, e matemática para a compreensão das equações utilizadas na construção dos modelos. Logo, este tema, além de ser muito importante para compreensão dos sistemas elétricos, envolve a aplicação de conhecimentos adquiridos em diversas disciplinas dos respectivos cursos. Para a realização das aulas, algumas atividades podem ser desenvolvidas em laboratório, porém, há alguns parâmetros nessas máquinas que são inacessíveis por meio de experimentação prática e precisam ser analisados via simulação computacional. Entre os possíveis <em>softwares</em> para realização dessas simulações está o MATLAB/SIMULINK. Em uma proposta realizada com alunos do curso Técnico Subsequente em Eletromecânica desenvolveu-se o presente trabalho, que reúne os principais modelos matemáticos de máquinas síncronas e descreve a sua implementação em MATLAB/SIMULINK. A atividade proposta permitiu aos alunos uma melhor compreensão do princípio de funcionamento dessas máquinas.</p> Alcedir Luis Finkler Maurício de Campos Paulo Sérgio Sausen Airam Teresa Zago Romcy Sausen ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 2021-04-22 2021-04-22 4 2 10.5335/rbecm.v4i2.11624 UNIDADE DE ENSINO POTENCIALMENTE SIGNIFICATIVA PARA O ESTUDO DA ÁGUA E POLUIÇÃO NA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL CRÍTICA http://seer.upf.br/index.php/rbecm/article/view/11047 <p>A poluição litorânea está na lista dos graves problemas ambientais que prejudicam a sociedade e a manutenção dos ecossistemas. Considerando esse cenário e a complexidade que envolve os problemas ambientais é importante que as escolas, não mais de forma ingênua, realizem ações que conversem com os diversos saberes curriculares com uso de ferramentas e estratégias de ensino que sejam potencialmente significativas. Nesse contexto, foi desenvolvida uma Unidade de Ensino Potencialmente Significativa (UEPS) acerca da temática “Água e Poluição na Educação Básica”. A UEPS foi idealizada utilizando uma sequência de ações de ensino de modo interdisciplinar utilizando uma variedade de estratégias e ferramentas e com a avaliação pautada na produção de mapas conceituais, tendo sido aplicada a estudantes do ensino médio de uma escola da rede estadual de Pernambuco. Durante as estratégias didáticas utilizadas foram encontradas evidências de que novos conceitos se ancoraram aos conhecimentos prévios dos estudantes, sendo indício de uma aprendizagem significativa em curso. A aplicação das diversas etapas da UEPS contribuiu para a formação de estudantes que passaram a ser protagonistas juvenis, com a possibilidade de entenderem a complexidade da problemática da poluição litorânea, além de desenvolverem responsabilidade ambiental, social e política.</p> Cristiane Jussara da Silva Helotonio Carvalho Kátia Aparecida da Silva Aquino ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 2021-03-01 2021-03-01 4 2 10.5335/rbecm.v4i2.11047