Monitoramento da qualidade físico-química da água do rio Bacacheri, Curitiba – Paraná - Brasil

  • Vera Lucia Pereira dos Santos Centro Universitário Internacional Uninter
  • Rodrigo Santiago Godefroid Centro Universitário Internacional Uninter
  • Rodrigo de Cássio da Silva Centro Universitário Internacional Uninter
  • Fábio Branco Godinho de Castro Centro Universitário Autônomo do Brasil - UNIBRASIL
  • Rodrigo Berté Centro Universitário Internacional Uninter
Palavras-chave: Qualidade da água. Rio Bacacheri. Parâmetros físico-químicos./

Resumo

O crescimento desordenado da cidade de Curitiba, capital do Estado do Paraná (Brasil), fez com que ocorresse um aumento das ações antropogênicas sobre a maioria dos seus rios urbanos como, por exemplo, o lançamento de esgoto in natura, o despejo de lixo doméstico e industrial, a alteração do seu leito e o desmatamento da mata ciliar, que acabaram determinando a degradação desses corpos d´água. O rio Bacacheri, um dos rios mais impactados da área urbana de Curitiba, tem sua nascente no bairro Cachoeira, situado na região norte da cidade, atravessando 16 bairros ao longo dos seus 12 km de extensão. Nesse contexto, o objetivo do presente trabalho foi investigar a qualidade da água do rio Bacacheri através de parâmetros físico-químicos em quatro (04) diferentes pontos de coleta entre os meses de junho a novembro (exceto agosto) do ano de 2016. Os resultados obtidos apontam que nas áreas mais próximas a sua nascente e sua foz, o rio Bacacheri é facilmente biodegradável e nas suas áreas intermediárias ele é passível de degradação em maior grau comparado aos outros pontos de coleta. Embora a sua turbidez esteja abaixo do limite estabelecido pela portaria que dispõe sobre os procedimentos de controle e de vigilância da qualidade da água para consumo humano e seu padrão de potabilidade (Portaria 2.914/2011 do Ministério da Saúde), os demais resultados indicam que se trata de um rio poluído, sendo necessário a intervenção de órgãos governamentais competentes para possibilitar a despoluição desse rio.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vera Lucia Pereira dos Santos, Centro Universitário Internacional Uninter
Doutoranda em Medicina Interna na Universidade Federal do Paraná (UFPR). Coordenadora do Curso Superior de Tecnologia em Estética e Cosmética do Centro Universitário Internacional Uninter.
Rodrigo Santiago Godefroid, Centro Universitário Internacional Uninter
Doutor em Ciências Biológicas com ênfase em Zoologia pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Coordenador de cursos de Especialização na modalidade EAD do Centro Universitário Internacional Uninter.
Rodrigo de Cássio da Silva, Centro Universitário Internacional Uninter
 Doutor em Biofísica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Professor adjunto do Departamento de Biologia Estrutural, Molecular e Genética (DEBIOGEM) da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG – PR). 
Fábio Branco Godinho de Castro, Centro Universitário Autônomo do Brasil - UNIBRASIL
Mestre em Química pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCAr). Professor pelo Centro Universitário Autônomo do Brasil e diretor geral do LATAM Laboratório de Análises Toxicológicas e Ambientais Ltda.
Rodrigo Berté, Centro Universitário Internacional Uninter
Doutor em Meio Ambiente e Desenvolvimento pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Diretor da Escola Superior de Saúde, Biociência, Meio Ambiente e Humanidades do Centro Universitário Internacional Uninter.
Publicado
2020-02-07
Como Citar
Pereira dos Santos, V., Godefroid, R., de Cássio da Silva, R., Castro, F., & Berté, R. (2020). Monitoramento da qualidade físico-química da água do rio Bacacheri, Curitiba – Paraná - Brasil. Revista Brasileira De Ensino De Ciências E Matemática, 2(2). https://doi.org/10.5335/rbecm.v2i2.9661