Para que história da ciência no ensino? Algumas direções a partir de uma perspectiva sociopolítica

Palavras-chave: História da Ciência, Educação em Ciências, Turno Sociopolítico

Resumo

A partir da consolidação do campo de História, Filosofia e Sociologia na Educação em Ciências, é possível notar a solidificação dos argumentos que se utilizam comumente para defender a utilização de abordagens históricas na Educação em Ciências. Considerando as mudanças pelas quais passou o mundo desde os primórdios do campo e o momento crítico que vivemos hoje, este ensaio teórico direciona-se a investigar outras perspectivas e argumentos podem ser construídos hoje para as abordagens históricas na Educação Científica. Para isso, inicialmente retomo os argumentos mais comuns para defender o uso de abordagens históricas na Educação Científica, analisando-os à luz de alguns avanços do campo. Apresento o emergente turno sociopolítico na Educação Científica, apreciando possibilidades de expansão dos argumentos analisados inicialmente, em diálogo com autores do turno sociopolítico da Educação Científica. Por fim, são apresentados cinco argumentos abrangentes sobre por que abordar a história da ciência na Educação Científica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cristiano B. Moura, Centro Federal de Educação Tecnológica de Celso Suckow da Fonseca- RJ (CEFET/RJ)
Doutor em Ciência, Tecnologia e Educação. Docente do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática e do Ensino Médio Profissionalizante do Centro Federal de Educação Tecnológica de Celso Suckow da Fonseca- RJ (CEFET/RJ).
Publicado
2021-09-01
Como Citar
MOURA, C. Para que história da ciência no ensino? Algumas direções a partir de uma perspectiva sociopolítica. Revista Brasileira de Ensino de Ciências e Matemática, v. 4, n. 3, 1 set. 2021.