Metacognição e seus 50 anos: cenários e perspectivas para o Ensino de Ciências

Palavras-chave: John Hurley Flavell, Metacognição, educação em ciências

Resumo

Os estudos envolvendo metacognição completam 50 anos e revelam uma diversidade de áreas que tem utilizado esse conceito que foi cunhado por Flavell na década de 1970. Além disso, e mais próximo do contexto educacional, a metacognição tem sido apontada como uma proposta que contribui para a aprendizagem, o que tem oportunizado um olhar mais atento aos componentes metacognitivos (e seus respectivos elementos). Considerando a possibilidade de fazer um tributo a John Hurley Flavell que publicou seu primeiro artigo no ano de 1971 apresentando o termo metamemory que deu origem à denominação metacognição, elaboramos este artigo. Nele divulgamos um conjunto de estudos que abordam a utilização da metacognição em salas de aulas em Ciências, apresentando as características e os impactos dessas práticas, bem como trazendo novas possibilidades de estudos e intervenções. Para isso: introduzimos o termo historicamente e alguns detalhes a respeito das primeiras investigações realizadas; descrevemos diversas reflexões sugeridas por quem buscou avançar na compreensão e na aplicação da metacognição em inúmeras áreas; elencamos resultados de pesquisas ocorridas em salas de aulas; destacamos as possibilidades de escolhas e caminhos praticáveis para um Ensino de Ciências pautado em experiências metacognitivas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cleci Teresinha Werner da Rosa, Universidade de Passo Fundo
Doutora em Educação Científica e Tecnológica Professora Física Docente Permanente do PPGECM Docente Permanente do PPGEdu
Nancy Nazareth Gatzke Corrêa, NNGC, Universidade Estadual de Londrina
Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Educação Matemática (PECEM) da Universidade Estadual de Londrina (UEL) – Londrina, PR. Docente da SEED, governo do Estado do Paraná.
Marinez Meneghello Passos, MMP, Universidade Estadual de Londrina
Doutora em Educação para a Ciência pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP). Docente Sênior da Universidade Estadual de Londrina (UEL) – Londrina, PR – e docente Sênior colaboradora da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP) – Câmpus Cornélio Procópio, PR
Sergio de Mello Arruda, SMA, Universidade Estadual de Londrina
Doutor em Educação pela Universidade de São Paulo (USP). Professor Sênior da Universidade Estadual de Londrina (UEL) – Londrina, PR
Publicado
2021-01-25
Como Citar
ROSA, C.; CORRÊA, N.; PASSOS, M.; ARRUDA, S. Metacognição e seus 50 anos: cenários e perspectivas para o Ensino de Ciências. Revista Brasileira de Ensino de Ciências e Matemática, v. 4, n. 1, 25 jan. 2021.

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##