Estágios, identidade e formação do professor de matemática em tempos de mudanças

  • Erika Barroso Dauanny Universidade do Estado de Minas Gerais – UEMG-Ibirité.
Palavras-chave: Estágio, Formação inicial do professor de Matemática, Professor intelectual crítico reflexivo, Identidade docente

Resumo

Este artigo apresenta uma reflexão sobre o estágio na formação inicial universitária do professor da Educação Básica, bem como analisa as possiblidades de sua contribuição para a construção da identidade docente, em especial para o professor de Matemática. Partindo da compreensão de diversos autores sobre as mudanças que têm sido impostas à realidade profissional docente, entende ser necessária uma formação que considere o professor como um intelectual crítico reflexivo.  Esse conceito traz a reflexão crítica subsidiada pela teoria, que permite aos professores avançarem num processo de transformação da prática pedagógica, mediante sua própria transformação. Uma reflexão que exige uma sólida formação teórica que dê condições ao sujeito de promover mudanças em seu fazer pedagógico. A concepção do professor como intelectual crítico reflexivo vai ao encontro de orientações para a formação docente oriundas de pesquisas que procuram olhar a formação do professor tendo o estágio como elemento central dessa formação. Enquanto uma atividade teórico-prática, uma atitude investigativa que envolve estudos, análise, problematização, reflexão e proposição de soluções sobre o ensinar e o aprender, sobre o trabalho docente e sobre as práticas institucionais situadas em seus contextos sociais, históricos e culturais; o estágio se constitui um espaço, por excelência, em que poderão ser tecidas as bases identitárias da profissão docente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Erika Barroso Dauanny, Universidade do Estado de Minas Gerais – UEMG-Ibirité.
Professora da Universidade do Estado de Minas Gerais – UEMG-Ibirité. Integrante dos grupos de pesquisa: Grupo de Estudos e Pesquisas sobre a Formação do Educador (GEPEFE-FE-USP) e do Laboratório de Estudos sobre a Docência (LEDOC-UEMG).
Publicado
2020-11-11
Como Citar
BARROSO DAUANNY, E. Estágios, identidade e formação do professor de matemática em tempos de mudanças. Revista Brasileira de Ensino de Ciências e Matemática, v. 3, n. 3, 11 nov. 2020.
Seção
Artigos