VALIDAÇÃO DE UM OPINÁRIO SOBRE AQUECIMENTO GLOBAL

Palavras-chave: aquecimento global, mudanças climáticas, pesquisa de opinião, validação de opinário

Resumo

O aquecimento global tem sido reconhecido por especialistas como um tema prioritário da agenda da educação ambiental para o século 21. Cientistas têm alertado sobre a necessidade de lidar com o desafio das mudanças climáticas causadas pelas emissões antropogênicas de gases de efeito estufa. Apesar disso, a percepção sobre o tema entre o público leigo é difusa. No contexto internacional, estudos têm revelado que um número considerável de cidadãos leigos não acredita em aquecimento global antropogênico, ou consideram que não existe consenso científico a respeito dessa matéria. Neste sentido, tendo em vista a importância do tema e as diferenças de opinião entre o leigo e o especialista, averiguadas em contextos internacionais, torna-se relevante desenvolver pesquisas similares no contexto brasileiro local. O presente trabalho descreve o desenvolvimento de um instrumento de medida capaz de avaliar a opinião de cidadãos  e alunos em diferentes níveis de ensino, no contexto brasileiro, sobre a temática do aquecimento global. Para tanto, são descritos os passos de desenvolvimento, aplicação e validação de um opinário sobre aquecimento global. O opinário, composto de doze itens, foi disponibilizado online em redes sociais e listas de e-mails através do software LimeSurvey, obtendo-se um total de 1084 respostas. Descrevemos o processo de validação de conteúdo e de construto do opinário que culminou em um instrumento de medida apropriado para quantificar o grau de concordância ou discordância de sujeitos frente ao construto “aquecimento global antropogênico”. Por fim, são discutidas possíveis correlações entre as variáveis de caracterização da amostra de sujeitos e a crença no aquecimento global antropogênico. 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2021-03-01
Como Citar
JUNGES, A.; DA SILVEIRA, F.; MASSONI, N. VALIDAÇÃO DE UM OPINÁRIO SOBRE AQUECIMENTO GLOBAL. Revista Brasileira de Ensino de Ciências e Matemática, v. 4, n. 1, 1 mar. 2021.