O benefício previdenciário como proteção social: evidências para um pequeno município da Região Sul do Brasil

Lúbia Tamires Rintzel, Cleide Fátima Moretto

Resumo


A aposentadoria previdenciária representa no Brasil uma importante fonte de renda e de redistribuição de renda para uma parte significativa da população com mais idade, o que reforça a importância das políticas
de seguridade social. Este estudo objetiva identificar a dimensão do benefício previdenciário no período de aposentadoria de trabalhadores de um pequeno município gaúcho. Foi realizado um levantamento por meio de amostragem probabilística, por conglomerados, com 97 aposentados
econômica e não economicamente ativos, residentes nas zonas urbana e rural. O instrumento adotado foi um formulário, contemplando questões relativas às características pessoais, à estrutura familiar e à estrutura dos benefícios e da renda, e os dados foram tratados por meio de estatística
descritiva. Nos resultados, observou-se que somente para 21,6% dos aposentados pesquisados o valor do benefício cobre integralmente as despesas. Os dados revelaram que os aposentados são redominantemente
residentes da zona urbana, mulheres, chefes de família e contribuintes
parciais da renda, membros de famílias mononucleares, dependentes da previdência pública.

Palavras-chave


Aposentadoria. Consumo. Envelhecimento humano. Previdência social.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5335/rbceh.v14i2.7282