Longevidade e espiritualidade: o envelhecer como uma dádiva de Deus

Maykon dos Santos Marinho, Renato Novaes Chaves, Jamília Brito Gomes, Luciana Araújo dos Reis

Resumo


O envelhecer é percebido por alguns idosos como uma graça divina, um encontro espiritual e uma reverência a Deus. Assim,
este estudo tem por objetivo analisar as percepções sobre o envelhecer dos idosos longevos. Trata-se de uma pesquisa qualitativa exploratório-descritiva, com a utilização da técnica da história oral temática e do software NVivo para análise dos dados.
As entrevistas foram realizadas no período compreendido entre janeiro e maio de 2015. Participaram da pesquisa dez idosos
longevos cadastrados em uma Unidade de Saúde da Família (USF) do município de Vitória da Conquista, Bahia, que atenderam
aos seguintes critérios de inclusão: ter idade igual ou superior a 80 anos, ser independente funcionalmente e ser usuário da
USF escolhida. Para os idosos longevos, o envelhecer está associado à espiritualidade e à crença de que a velhice é uma dádiva
de Deus. Este estudo reafirma a importância de novos estudos com idosos longevos e a inclusão do tema da espiritualidade nos
estudos sobre envelhecimento.

Palavras-chave


Envelhecimento. Espiritualidade. Velhice.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5335/rbceh.v14i2.6702