Representações sociais do envelhecimento, cuidado e saúde do idoso para estudantes e pro‚ ssionais de enfermagem

  • Kacciana Carlas Schafer URI- CAMPUS DE ERECHIM
  • Felipe Biasus URI - Campus de Erechim
Palavras-chave: Representações sociais, Envelhecimento, Enfermagem, Saúde do Idoso, Cuidado do Idoso

Resumo

Este artigo é resultado de um trabalho cujo objetivo foi aprofundar os conhecimentos a respeito da compreensão de estudantes e profissionais de enfermagem em relação a representação social do envelhecimento, cuidado e saúde do idoso, com o intuito de comparar diferenças das representações de estudantes e profissionais de enfermagem. O estudo seguiu um delineamento estruturado com base qualitativa, exploratória e descritiva. Fizeram parte da amostra 20 estudantes de enfermagem e 13 enfermeiros que residem na cidade de Erechim – RS. Os dados foram coletados por meio de um questionário autoaplicado, com questões abertas e fechadas, tendo sido a análise realizada a partir do software EVOC®. Na análise dos dados, não foram identificadas diferenças significativas nas representações sociais dos participantes para os diversos objetos de representação estudados. As diferenciações, nas teorias leigas elaboradas, podem estar relacionadas com a experiência do trabalho profissional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Kacciana Carlas Schafer, URI- CAMPUS DE ERECHIM
Enfermeira PÓS GRADUAÇÃO LATO SENSU EM GERONTOLOGIA-URI CAMPUS DE ERECHIM.
Felipe Biasus, URI - Campus de Erechim
Psicólogo Mestre em Psicologia - UFSC Prof. do Depto de Ciências Humanas do Curso de Psicologia - URI Campus de Erechim

Referências

ANDRADE, G.O, Representações sociais de saúde e de doenças na velhice. Acta Scientirum. Health Sciences, Maringá, PR, v.25, n.2, p. 207-213, 2003.

BIASUS, F. Representação social da Psicologia. II Fórum da Saúde, de 5 a 8 de maio 2009.

BIASUS, F; DEMANTOVA, A. e CAMARGO, B. V. Representações sociais do envelhecimento e da sexualidade para pessoas com mais de 50 anos. Temas psicol. [online]. 2011, vol.19, n.1, pp. 319-336. ISSN 1413-389X.

BRÊTAS, A.C.P., OLIVEIRA, E.M. Interseções entre as áreas de conhecimento da gerontologia, da saúde e do trabalho: Questões para reflexão. Saúde e Sociedade, São Paulo, v.2, n.8, p. 59-82, 1999.

BRUM, A.K.R.; TOCANTINS, F.R., SILVA, T.J. E.S, O enfermeiro como instrumento de ação no cuidar do idoso. Revista Latino, nov./dez. 2005, 13(6); 1019-26.

COSTA, G. A. e BORGES, L.J, Impacto da atividade física na satisfação de vida, sentido de auto-eficácia e análise do perfil sócio-demográfico de idosos. In. GONÇALVES, K. A.; GROENVALD, F.M.R. Qualidade de vida e estilo ativo no envelhecimento. Porto Alegre: Novo Tempo Editora, 2005.

FRANCHI, B.M.K.; JUNIOR, M.M.R. Atividade física: uma necessidade para a boa saúde na terceira idade. Universidade de Fortaleza, 2005.

GANDOLPHO, M.A.; FERRARI, M.A.C. A enfermagem cuidando do idoso: reflexões bioéticas. O mundo da saúde, São Paulo, v.30, n.3, julho-setembro, 2006.

JODELET, D. Representações sociais: um domínio em expansão. In: Jodelet, D. (org) As representações sociais. Rio de Janeiro: EDUERJ, 2001.

JUNIOR, F.C.R.; TAVARES, L.F.M. A saúde sob o olhar do idoso institucionalizado: Conhecendo e valorizando sua opini opinião, Comunic. saúde, edu, Manguinhos Rj, v.9, n.16 p.147-58, set. 2004, fev. 2005.

KUNHEN, A.P. et al. Programa de atividade física para terceira idade do cds/ufsc: o efeito do exercício físico na resistência muscular, Revista eletrônica extensão, n.3 2005.

MARTINS, M.R.C.; CAMARGO, V.B.; BIASUS, F. Representações sociais dos idosos e da velhice de diferentes faixas etárias. Bogota Colômbia, v.8 n.3, 2009.

MOSCOVICI, S. A representação social da psicanálise. Rio de Janeiro: Zahar Editores. [Tradução Álvaro Cabral], 1978.

PIZZOLATO, A.C. et al. Representação social do processo do envelhecer: uma visão dos acadêmicos de enfermagem. São Paulo, 1995. Disponível em: www.portaldoenvelhecimento.org.br/download/producaobrasileira.doc. Acesso em: 10 out. 2010.

PORTELLA, R. M. Grupos de terceira idade: a construção da utopia do envelhecer saudável. Passo Fundo: UPF Editora, 2004.

RAMOS, L.R.; NETO, J.T. Guias de medicina ambulatorial e hospitalar UNIFESP- Escola Paulista de Medicina: Geriatria e Gerontologia. Barueri SP: Manole, 2005.

RUIPÉREZ, I.; LlORENTE, P. Geriatria. Rio de Janeiro: Mcgrawhill, 1996.

SILVA, R. X. da. Qualidade de vida e sofrimento mental em trabalhadores de enfermagem. Dissertação (mestrado) - Programa de Pós Graduação em Ciências da Saúde, Universidade Cruzeiro do Sul São Paulo; SP: s.n, 2010.

VALA, J. Representações sociais – para uma psicologia social do pensamento social. In: Vala, J., Monteiro, M. B. Psicologia social. Lisboa: Fundação Calouste Gulbekian, 1996.

WHITAKER, A C.D. Envelhecimento e poder. Campinas SP: Alínea, 2007.

Publicado
2013-10-21
Como Citar
Schafer, K., & Biasus, F. (2013). Representações sociais do envelhecimento, cuidado e saúde do idoso para estudantes e pro‚ ssionais de enfermagem. Revista Brasileira De Ciências Do Envelhecimento Humano, 9(3). https://doi.org/10.5335/rbceh.2012.2262
Seção
Artigos Originais