FUNCIONALIDADE DE IDOSOS COM FORÇA DE PREENSÃO MANUAL REDUZIDA ACOMPANHADOS NA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE

  • Reuber Lima de Sousa
  • Kamila Alves Brasileiro
  • Aline de Sousa Falcão
  • Conceição da Silva Brito
  • Márcia Marrocos Aristides Barbiero
  • Patrícia Rosa Gonçalves Leta
  • Maria Helena Lenardt
  • Susanne Elero Betiolli
Palavras-chave: Idoso fragilizado, Força da mão, Atividades cotidianas, Enfermagem geriátrica

Resumo

Introdução: a redução da força de preensão manual (FPM) pode afetar a capacidade funcional, acarretar limitações funcionais e impactar na qualidade de vida do idoso. Objetivo: avaliar a funcionalidade de idosos com força de preensão manual reduzida na atenção primária à saúde. Métodos: estudo quantitativo transversal realizado em uma Unidade Básica de Saúde de Curitiba/PR (Brasil), com amostra constituída por 389 idosos (≥60 anos). Realizou-se o rastreio cognitivo previamente à coleta de dados. Os dados foram coletados por meio da aplicação de escalas de avaliação da funcionalidade como o Índice de Katz para as atividades básicas de vida diária (ABVD) e Lawton e Brody para as atividades instrumentais de vida diária (AIVD). A FPM foi mensurada pelo dinamômetro hidráulico (marca Jamar®). Realizou-se análise estatística descritiva. O estudo foi aprovado por Comitê de Ética em Pesquisa sob n° 2918847. Resultados: houve predomínio de idosos do sexo feminino (n=255; 65,6%), com idade entre 60 e 69 anos (n=186; 47,8%). Dos 389 idosos, 82 (21%) apresentaram FPM reduzida, dos quais a maioria era independente para as ABVD (n=72; 87,8%), no entanto, dependentes para uma ou mais AIVD (n=49; 59,7%). Conclusão: o declínio da funcionalidade impacta principalmente nas AIVD e considera-se que a avaliação da FPM na funcionalidade dos idosos, aplicadas à prática clínica, possa prever desfechos negativos para a autonomia e independência. 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-12-05
Como Citar
Lima de Sousa, R., Alves Brasileiro, K., de Sousa Falcão, A., da Silva Brito, C., Marrocos Aristides Barbiero, M., Rosa Gonçalves Leta, P., Lenardt, M., & Elero Betiolli, S. (2020). FUNCIONALIDADE DE IDOSOS COM FORÇA DE PREENSÃO MANUAL REDUZIDA ACOMPANHADOS NA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE. Revista Brasileira De Ciências Do Envelhecimento Humano, 17(2). https://doi.org/10.5335/rbceh.v17i2.12058
Seção
Artigos Originais