VIOLÊNCIA CONTRA IDOSOS EM TRATAMENTO HEMODIÁLITICO

  • Fernanda Rosa de Oliveira Pires
  • Suzana Rosa
  • Giordanna Nayara Chagas e Silva
  • Susanne Elero Betiolli
  • Fernanda Cegan Gribner
  • Bianca Dacoregio Martins
  • Karina Silveira de Almeida Hammerschmidt
Palavras-chave: Idoso, Exposição à violência, Nefropatias, Diálise renal

Resumo

Introdução: O aumento da população idosa gera preocupação mundial e de saúde pública a respeito da violência nesse público. Identificar os fatores e riscos que predispõe a violência contra o idoso é de extrema relevância para prevenção destas situações. Objetivo: Rastrear os riscos e fatores associados à violência contra idosos com doença renal crônica em tratamento hemodialítico. Método: Trata-se de estudo quantitativo, descritivo e exploratório realizado em duas unidades de tratamento hemodialítico da grande Florianópolis, com idosos em tratamento hemodialítico. A variável desfecho para risco de violência foi a escala Hwalek-Sengstock Elder Abuse Screening Test (H-S/EA). As variáveis independentes foram: idade, sexo, renda, estado civil, escolaridade, tempo em tratamento, número de pessoas que residem com o idoso, escala de Independência em Atividades da Vida Diária e escala de depressão geriátrica (GDS-15). Os dados foram analisados com a ferramenta Python, com operações de média aritmética simples, desvio padrão, cálculo de coeficientes de correlação, valor-p e cruzamento entre dados. Para cálculo de correlação foram utilizados os coeficientes de Person e Spearman e para análise de variância o método ANOVA. Resultados: Dos 43 idosos participantes, 29 (67,44%) apresentaram risco de sofrer alguma forma de violência, com maior prevalência para o sexo masculino. Dentre os fatores independentes apenas os sintomas depressivos e renda apresentaram correlação positiva de significância estatística quando associados a riscos de violência entre idosos participantes. Conclusão: Os idosos apresentaram vulnerabilidade a risco de violência física psicológica, negligencia e financeira por terceiros, sendo maior parte destes do sexo masculino.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-12-05
Como Citar
Rosa de Oliveira Pires, F., Rosa, S., Chagas e Silva, G., Elero Betiolli, S., Cegan Gribner, F., Dacoregio Martins, B., & Silveira de Almeida Hammerschmidt, K. (2020). VIOLÊNCIA CONTRA IDOSOS EM TRATAMENTO HEMODIÁLITICO. Revista Brasileira De Ciências Do Envelhecimento Humano, 17(2). https://doi.org/10.5335/rbceh.v17i2.12053