QUALIDADE DE VIDA DOS IDOSOS EM HEMODIÁLISE: RELAÇÃO COM A ESPERANÇA, RELIGIOSIDADE E ESPIRITUALIDADE

  • Fernanda Rosa de Oliveira Pires
  • Caroline Bittelbrunn
  • Maria Elena Echevarría-Guanilo
  • Giordanna Nayara Chagas e Silva
  • Danieley Cristini de Lucca
  • Fernanda Cegan Gribner
  • Karina Silveira de Almeida Hammerschmidt
Palavras-chave: Idoso, Diálise Renal, Qualidade de Vida, Esperança, Espiritualidade

Resumo

Introdução: A Doença Renal Crônica (DRC) envolve diversas mudanças na rotina do idoso, que podem refletir na esperança de vida dos pacientes, neste contexto a esperança, espiritualidade e religiosidade podem estar associadas como ferramentas de apoio. Objetivo: Apontar a interferência do tratamento hemodialítico na qualidade de vida de idosos renais crônicos, relacionando os achados com a esperança, espiritualidade e religiosidade dos mesmos, de modo a contribuir para o planejamento de intervenções cabíveis à prática e de acordo com as reais necessidades dos indivíduos. Método: Trata-se de estudo de abordagem quantitativa, do tipo descritivo e correlacional, de temporalidade transversal, realizado em Unidade de Tratamento Dialítico de um Hospital Universitário de Santa Catarina. Foram entrevistados 22 idosos, idade entre 60 e 69 anos e em tratamento há 18 meses (média). Os dados foram obtidos a partir de cinco instrumentos: questionário de caracterização, Kidney Disease and Quality-of-Life (KDQOL), Escala de Esperança de Herth (EEH), Índice de Religiosidade da Duke (DUREL) e Escala de Espiritualidade de Pinto e Pais-Ribeiro (EEPP-R). Resultados: A qualidade de vida estava afetada nos domínios de situação de trabalho, função emocional e nos relacionados à função física; e elevada nos domínios de função cognitiva, suporte social e satisfação com a equipe profissional. A religiosidade estava bem presente e os níveis de esperança de vida e espiritualidade foram altos. Conclusão: O estudo apontou para a interferência positiva da religiosidade e espiritualidade na qualidade e esperança de vida dos idosos entrevistados.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-12-05
Como Citar
Rosa de Oliveira Pires, F., Bittelbrunn, C., Echevarría-Guanilo, M. E., Chagas e Silva, G., Cristini de Lucca, D., Cegan Gribner, F., & Silveira de Almeida Hammerschmidt, K. (2020). QUALIDADE DE VIDA DOS IDOSOS EM HEMODIÁLISE: RELAÇÃO COM A ESPERANÇA, RELIGIOSIDADE E ESPIRITUALIDADE. Revista Brasileira De Ciências Do Envelhecimento Humano, 17(2). https://doi.org/10.5335/rbceh.v17i2.12051
Seção
Artigos Originais