SITUAÇÕES DE VIOLÊNCIA AUTO REFERIDAS POR IDOSOS COM DOENÇA RENAL CRÔNICA QUE REALIZAM TRATAMENTO HEMODIALÍTICO

  • Giordanna Nayara Chagas e Silva
  • Anderson Abreu de Carvalho
  • Bianca Dacoregio Martins
  • Naísa Falcão Martins
  • Suzana Rosa
  • Juliana Balbinot Reis Girondi
  • Karina Silveira de Almeida Hammerschmidt
Palavras-chave: Idosos, Insuficiência renal crônica, Diálise renal, Exposição à violência, Cuidados de Enfermagem

Resumo

Introdução: A idade e doenças crônicas são fatores de risco para a violência, principalmente para os idosos com Doença Renal Crônica (DRC) em tratamento hemodialítico. Objetivo: Identificar situações de violência auto referidas por idosos com DRC. Métodos: Estudo de caso exploratório único, desenvolvido com idosos em uma clínica de tratamento dialítico do sul do Brasil, em 2019. Resultados: Participaram da pesquisa 13 idosos, sendo nove mulheres (60 a 78 anos), a maioria casada, branca, aposentada, com renda de até dois salários mínimos e oito anos de estudo. O tempo de diagnóstico e tratamento da DRC oscilou de menos de um ano a três anos. As comorbidades mais comuns foram HAS e DM. A percepção de saúde regular prevaleceu. Houve referência à assistência financeira a terceiros, ao sentimento de solidão, tristeza e ausência de uma rede de apoio; autorrelato de sintomas depressivos, situações de discriminação cotidiana, situações em que outros tomam decisões pelos idosos, assim como tomam os pertences sem consentimento; relatos de tentativa de agressão, realizada por membro da família, não sendo realizadas denúncias de violência física, principalmente se oriundas do cônjuge. Conclusão: O tema da violência contra os idosos com DRC que realizam hemodiálise é grave problema de saúde pública, potencializado pelas projeções estatísticas, que indicam o aumento quantitativo deste público. A violência aflora o risco deste público para desrespeito, agressão, síndrome da fragilidade, sintomas depressivos, solidão e perda de autonomia e independência, possibilitando o desenvolvimento de cuidados de enfermagem direcionados a prevenção e qualidade de vida.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-12-05
Como Citar
Chagas e Silva, G., Abreu de Carvalho, A., Dacoregio Martins, B., Falcão Martins, N., Rosa, S., Balbinot Reis Girondi, J., & Silveira de Almeida Hammerschmidt, K. (2020). SITUAÇÕES DE VIOLÊNCIA AUTO REFERIDAS POR IDOSOS COM DOENÇA RENAL CRÔNICA QUE REALIZAM TRATAMENTO HEMODIALÍTICO. Revista Brasileira De Ciências Do Envelhecimento Humano, 17(2). https://doi.org/10.5335/rbceh.v17i2.12040
Seção
Artigos Originais