PERCEPÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO SOBRE O ENVELHECIMENTO DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL

  • Karina Silveira de Almeida Hammerschmidt
  • Lisiane Capanema Silva Bonatelli
  • Soraia Dornelles Schoeller
  • Juliana Balbinot Reis Girondi
  • Fernanda Rosa de Oliveira Pires
  • Giordanna Nayara Chagas e Silva
  • Susanne Elero Betiolli
Palavras-chave: Idosos, Envelhecimento, Deficiência, Saúde, Educação

Resumo

Introdução: A evolução do processo de envelhecimento acelerado aflora a necessidade de considerar aspectos multidimensionais específicos para a avaliação da pessoa com deficiência. Objetivo: Apresentar a percepção dos profissionais da educação sobre o processo de envelhecimento da pessoa com deficiência intelectual. Método: Trata-se de pesquisa qualitativa, desenvolvida com 17 profissionais da educação, no período de maio a junho de 2020. Para coleta de dados foi utilizada entrevista gravadas e questionário estruturado, com uso da ferramenta eletrônica do Google Forms e Microsoft Teams. A análise dos dados foi realizada conforme Metodologia do Discurso do Sujeito Coletivo, com ideias centrais e correspondentes expressões-chave, agrupadas conforme a sua semelhança. Resultados: Os resultados evidenciam que as ideias centrais: 1) Envelhecimento da pessoa com deficiência intelectual é esperado, porém precoce; 2) Compreensão do processo de envelhecimento da pessoa com deficiência intelectual; 3) Estereótipos, preconceitos e estigmas vinculados ao idoso com deficiência intelectual, destaca-se o discurso relacionado aos preconceitos da velhice e infantilização do idoso; 4) Comprometimento das funções cognitivas no envelhecimento com deficiência intelectual; 5) Limitações e incapacidades dos idosos com deficiência intelectual exigem cuidado e apoio; 6) Dificuldades na comunicação dos idosos com deficiência intelectual. Conclusão: Faz-se necessário dar ênfase à pessoa e não somente a sua deficiência, assim como priorizar a participação plena e efetiva na sociedade; aprofundar informações e conhecimentos para a promoção da dignidade humana; e qualificar as ações para os idosos com deficiência intelectual, com ênfase nos dados de percepção dos profissionais da educação.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-12-05
Como Citar
Silveira de Almeida Hammerschmidt, K., Capanema Silva Bonatelli, L., Dornelles Schoeller, S., Balbinot Reis Girondi, J., Rosa de Oliveira Pires, F., Chagas e Silva, G., & Elero Betiolli, S. (2020). PERCEPÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO SOBRE O ENVELHECIMENTO DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL. Revista Brasileira De Ciências Do Envelhecimento Humano, 17(2). https://doi.org/10.5335/rbceh.v17i2.12038
Seção
Artigos Originais