FATORES ASSOCIADOS À CONDIÇÃO DE ACAMADO EM IDOSOS DOMICILIADOS

  • Clóris Regina Blanski Grden
  • Ana Flávia Lourenço Loiola
  • Daniele Bordin
  • Taís Ivastcheschen
  • Luciane Patrícia Andreani Cabral
  • Everson Augusto Krum
Palavras-chave: Saúde do idoso, Pessoas acamadas, Enfermagem geriátrica

Resumo

Introdução: o acelerado envelhecimento da população acarreta desafios aos sistemas de saúde, uma vez que os idosos apresentam elevada prevalência de doenças crônicas, as quais podem evoluir para declínio da capacidade funcional e cognitiva. Nesta conjuntura, espera-se o aumento de idosos na condição de acamados e com elevado grau de dependência. Objetivo: identificar os fatores associados à condição de acamado entre idosos brasileiros. Métodos: estudo transversal, com dados secundários provenientes de inquérito base populacional nacional, com idosos (n=11.177). A pesquisa foi de base domiciliar por meio de amostragem probabilística por conglomerados em três estágios, sendo o conjunto de setores censitários as unidades primárias de amostragem, os domicílios as unidades secundárias e moradores maiores de idade selecionados, as unidades terciárias A condição de acamado foi considerada variável dependente e as características sociodemográficas e condições de saúde como independentes. Para análise empregou-se o teste de regressão logística. Resultados: verificou-se que 4,9% dos idosos eram acamados e que esta condição mostrou-se associada ao analfabetismo (OR=1,38), quantidade de doenças crônicas, episódio de acidente vascular encefálico (OR=1,46),  diagnóstico de hipertensão arterial sistêmica (OR=1,49), alterações nos níveis de colesterol (OR=1,45), precisar de algum atendimento relacionado a própria saúde (OR=4,22), internamento (OR=3,06) e atendimento emergencial no domicílio nos últimos 12 meses (OR=1,76). Conclusão: o estudo permitiu identificar importantes fatores associados à condição acamado de idosos brasileiros com destaque para as variáveis clínicas. Os achados poderão subsidiar o planejamento dos cuidados gerontológicos voltados às necessidades específicas desse segmento etário.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-12-03
Como Citar
Grden, C. R., Loiola, A. F., Bordin, D., Ivastcheschen, T., Cabral, L. P., & Krum, E. (2020). FATORES ASSOCIADOS À CONDIÇÃO DE ACAMADO EM IDOSOS DOMICILIADOS. Revista Brasileira De Ciências Do Envelhecimento Humano, 17(2). https://doi.org/10.5335/rbceh.v17i2.12013
Seção
Artigos Originais