HABILIDADES DE ALFABETIZAÇÃO EM SAÚDE DE IDOSOS DE COMUNIDADES VULNERÁVEIS

  • Andreivna Kharenine Serbim
  • Naiana Oliveira dos Santos
  • Ana Cláudia Fuhrmann
  • Lisiane Manganelli Girardi Paskulin
Palavras-chave: Letramento em saúde, Saúde do idoso, Educação em saúde, Atenção primária à saúde, Promoção da saúde

Resumo

Introdução: O conceito da alfabetização em saúde é relativamente novo no Brasil e está relacionado às habilidades das pessoas em entender aspectos do autocuidado e dos cuidados no sistema de saúde para tomar decisões adequadas. Objetivo: Descrever as experiências dos idosos em acessar, compreender, comunicar e avaliar a informação em saúde no contexto da atenção primária. Métodos: Estudo qualitativo com 42 idosos em duas unidades de saúde de comunidades vulneráveis do município de Arapiraca/Alagoas. Entrevistas semiestruturadas foram norteadas pelo instrumento Health Literacy, adaptado para uso no Brasil. O software NVivo 11.0 foi utilizado para organização das respostas. Para a análise temática, estabeleceu-se previamente como categorias as questões que compõem o instrumento. Estudo aprovado por Comitê de Ética (CAAE: 72106817.2.0000.5347). Resultados: Emergiram os temas: acesso a informações sobre saúde, compreensão das informações sobre saúde, comunicação das informações sobre saúde e impactos das informações sobre a saúde. Os idosos apresentavam dificuldades para exercer o empoderamento, o pensamento crítico e o gerenciamento das condições de saúde. Os participantes tinham conhecimento limitado sobre a condição de saúde, considerando que a maioria lidava com uma condição crônica. Muitos demonstravam estar acostumados ao não recebimento da informação em saúde e apoiavam-se em outras fontes que não eram os profissionais de saúde.  Conclusões: Os achados evidenciam a necessidade de intervenções de alfabetização em saúde direcionadas a idosos. Ainda, o sistema de saúde deve buscar reduzir as demandas e as complexidades impostas aos idosos, direcionando intervenções para a construção de habilidades e de capacidades ao longo da vida.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-12-03
Como Citar
Serbim, A., Santos, N., Fuhrmann, A. C., & Paskulin, L. (2020). HABILIDADES DE ALFABETIZAÇÃO EM SAÚDE DE IDOSOS DE COMUNIDADES VULNERÁVEIS. Revista Brasileira De Ciências Do Envelhecimento Humano, 17(2). https://doi.org/10.5335/rbceh.v17i2.11933