REPERCUSSÃO DA ESTIMULAÇÃO AUDITIVA RÍTMICA COM MÚSICA NO HUMOR DE PESSOAS COM DOENÇA DE PARKINSON

  • Cleysiane de Araujo Oliveira
  • Ihana Thaís Guerra de Oliveira Gondim
  • Izaura Muniz Azevedo
  • Cilene Rejane Ramos Alves
  • Nadja Maria Jorge Asano
  • Jaqueline Severo dos Santos
  • Kássia Maria Clemente da Silva
  • Maria das Graças Wanderley de Sales Coriolano
Palavras-chave: Doença de Parkinson, Depressão, Música, Estimulação Acústica

Resumo

A depressão e o suicídio tem se tornado nas últimas décadas temáticas de relevância para a saúde pública. Dentre os fatores psicossociais envolvidos destaca-se o surgimento de doenças como a doença de Parkinson (DP). O tratamento farmacológico da sintomatologia depressiva na DP é realizado com uso de antidepressivos, no entanto a abordagem não farmacológica através da música pode ser utilizada como estímulo para o alívio dos sintomas não motores, tais como a depressão. O objetivo desse estudo é avaliar a repercussão da Estimulação Auditiva Rítmica (EAR) com música no estado de humor em pessoas com DP, com ênfase na sintomatologia depressiva. Esse é um estudo quase experimental (CAAE nº 29478620.7.0000.5208) realizado para testar o uso de um aplicativo de smartphone com EAR com música sobre a sintomatologia depressiva na DP. Foi utilizado o inventário de depressão de Beck (BDI) antes e depois da intervenção. Com 21 itens, o BDI possibilita classificar a intensidade da sintomatologia depressiva. Os dados foram tabulados e a comparação pareada foi realizada através de teste T, considerando P<0,05. Resultados: Dez pacientes com DP leve a moderada, com média de idade de 64 (±10) anos, sendo 6 homens, sem uso de antidepressivos, concluíram a intervenção. A média do escore total do BDI antes da avaliação foi 9,4 (±7,9) e após a intervenção foi de 5,0 (±4,4), sendo esta diferença estatisticamente significativa (P=0,026). Os resultados obtidos até o momento na análise pareada revelam que a intervenção com EAR com música melhorou o estado de humor dos pacientes avaliados.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-12-04
Como Citar
Oliveira, C., Gondim, I., Azevedo, I., Alves, C., Asano, N., dos Santos, J., da Silva, K., & Coriolano, M. (2020). REPERCUSSÃO DA ESTIMULAÇÃO AUDITIVA RÍTMICA COM MÚSICA NO HUMOR DE PESSOAS COM DOENÇA DE PARKINSON. Revista Brasileira De Ciências Do Envelhecimento Humano, 17(2). https://doi.org/10.5335/rbceh.v17i2.11883
Seção
Artigos Originais