REPERCUSSÃO DO ISOLAMENTO SOCIAL PROVOCADO PELA PANDEMIA NAS ATIVIDADES DIÁRIAS NA DOENÇA DE PARKINSON

  • Juliana Paulino Dantas da Silva
  • Jaqueline Severo dos Santos
  • Vinícius Barbosa de Freitas
  • Izaura Muniz Azevedo
  • Danielle Carneiro de Meneses Sanguinetti
  • Nadja Maria Jorge Asano
  • Maria das Graças Wanderley de Sales Coriolano
Palavras-chave: Coronavírus, Envelhecimento, Doença de Parkinson, Isolamento Social, atividades cotidianas

Resumo

Introdução: A autonomia e independência do idoso com doença de Parkinson (DP) podem sofrer mudanças inerentes ao isolamento social. Objetivo: Avaliar a repercussão do isolamento social provocado pela pandemia da covid-19 nas atividades diárias de pessoas com DP. Métodos: Estudo transversal desenvolvido pelo Programa Pró-Parkinson, realizado por meio da ferramenta google meeting. Foram coletados dados sociodemográficos e investigada a percepção dos pacientes sobre 11 itens da seção II (atividades de vida diária) da Escala Unificada de Avaliação da DP com as seguintes possibilidades de resposta em cada item: “pior do que antes da pandemia” ou “igual a antes da pandemia”. Os dados foram compilados com o software BioEstat. Resultados: Amostra composta por 20 sujeitos, com média de escolaridade correspondente ao ginásio ou ensino médio (média: 8±4 anos de estudo), 10 homens e 10 mulheres, com média de idade 65 (±8), variando entre 52 a 76 anos, sendo 14 idosos (idade ≥ 60 anos) e 6 adultos (idade > 50 anos). A maioria residindo em Recife (n=8 - 40%) e Jaboatão (n=4 - 20%), aposentados (n=19 – 95%), vivendo com companheiro (n=13 – 65%). A percepção de piora durante a pandemia apresentou a seguinte distribuição nos itens: Freezing (n=17 – 85%), Marcha (n=1 – 75%), Vestir (n=13 – 65%), Girar no leito (n=12 – 60%), Cortar alimentos, higiene e tremor (n=11 em cada – 55%), Escrita (n=10 – 50%), Salivação (n=9 – 45%), Fala (n=8 – 40%) e Deglutição (n=5 – 25%). Conclusão: O isolamento social provocado pela pandemia da covid-19 piorou o desempenho nas atividades diárias de pessoas com DP.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-12-04
Como Citar
da Silva, J., dos Santos, J., de Freitas, V., Azevedo, I., Sanguinetti, D., Asano, N., & Coriolano, M. (2020). REPERCUSSÃO DO ISOLAMENTO SOCIAL PROVOCADO PELA PANDEMIA NAS ATIVIDADES DIÁRIAS NA DOENÇA DE PARKINSON. Revista Brasileira De Ciências Do Envelhecimento Humano, 17(2). https://doi.org/10.5335/rbceh.v17i2.11877