A relação do sobrepeso e obesidade com desconfortos musculoesqueléticos de mulheres pós-menopausa

  • Juliana Rasia
  • Evelise Moraes Berlezi
  • Simone Eickhoff Bigolin
  • Rodolfo Herberto Schneider
Palavras-chave: Obesidade. Menopausa. Desconfortos musculoesqueléticos.

Resumo

O presente estudo teve o objetivo de investigar a relação do sobrepeso e obesidade com desconfortos musculoesqueléticos pós-menopausa. A amostra foi constituída por 48 mulheres na faixa etária entre 50 e 65 anos, com idade média de 58,39 (􀁲 3,63) anos, obesas, residentes na área de abrangência da Unidade de Saúde da Família Luiz Fogliatto no município de Ijuí - RS. A pesquisa caracterizou- se por um estudo do tipo transversal analítico descritivo. Os instrumentos utilizados foram: entrevista, índice de massa corporal, avaliação dos desconfortos musculoesquelético pelo diagrama corporal e da sua intensidade pela escala de avaliação verbal. Os resultados foram os seguintes: a amostra obteve IMC com a média de 33,18 (􀁲3,97) kg/m2, mostrando maior incidência de obesidade grau II em 37,5% das mulheres. Quanto à presença de co-morbidades, a de maior prevalência foi a hipertensão arterial sistêmica com 70,8%. Ao associar a obesidade com as co-morbidades, observouse que a hipertensão arterial sistêmica, diabetes mellitus, doença cardiovascular e incontinência urinária associaram-se com a obesidade. Os desconfortos musculoesquelético estiveram presentes em 67% das participantes do estudo. Ao identificar os locais de desconforto, o local de maior queixa de dor foi na coluna lombar, com 43,7%. Quanto à intensidade da dor, a dor leve foi referida por 50% das mulheres, seguida de dor intensa em 25%, dor moderada em 18,7% e dor insuportável em 6,2% dessas. O estudo conclui que há relação entre o sobrepeso e obesidade com os desconfortos musculoesqueléticos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2007-10-22
Como Citar
Rasia, J., Berlezi, E., Bigolin, S., & Schneider, R. (2007). A relação do sobrepeso e obesidade com desconfortos musculoesqueléticos de mulheres pós-menopausa. Revista Brasileira De Ciências Do Envelhecimento Humano, 4(1). https://doi.org/10.5335/rbceh.2012.114
Seção
Artigos Originais