GERONTOTECNOLOGIA EDUCACIONAL PARA PROMOÇÃO DA SAÚDE DE IDOSOS EM TRATAMENTO HEMODILIATICO

  • Anderson Abreu de Carvalho Universidade Federal de Santa Catarina
  • Naísa Falcão Martins Universidade Federal de Santa Catarina
  • Karina Silveira de Almeida Hammerschmdt Universidade Federal de Santa Catarina
  • Juliete Coelho Gelsleuchter Universidade Federal de Santa Catarina
  • Juliana Balbinote Reis Girondi Universidade Federal de Santa Catarina
  • Gustavo Lopes Soares Universidade Federal de Santa Catarina
Palavras-chave: Idoso, Insuficiência Renal Crônica, Diálise, Tecnologia educativa

Resumo

Introdução: Com crescimento da população idosa, aumenta a incidência de doenças crônicas como a doença renal crônica1. A hemodiálise é tratamento mais utilizado e interfere diretamente sobre qualidade de vida2. Para tanto as gerontotecnologias educacionais podem ser capazes de envolver o indivíduo no autocuidado3. Objetivo: Promover a saúde dos idosos em tratamento hemodialítico, através da aplicação de gerontotecnologia educacional. Metodologia: Pesquisa Convergente Assistencial. Participaram idosos a partir dos 60 anos, que realizavam hemodiálise, num hospital universitário do Sul do país. Para coleta de dados utilizou-se de entrevista semiestruturada para levantamento de dados característicos. Posteriormente, foram elencadas categorias, para identificação de temas a serem abordados em posterior aplicação da gerontotecnologia Jogo das Atitudes. Realizou-se entre novembro de 2017 e fevereiro de 2018. Número do CEP: 1.097.377. Resultados: Participaram 12 idosos. Referente auto percepção, emergiu as categorias: Prevenção, Cronicidade, Conhecimento, Déficit de atividades, Empoderamento. A aplicação da gerontotecnologia se deu a partir da avaliação comparativa das categorias. Trata-se de jogo de cartas com atitudes positivas (cartas verdes) e negativas (vermelhas) e um dado com as cores verde evermelho. O objetivo é a reflexão das atitudes e ganha quem teve mais atitudes positivas. A cada leitura das cartas, os participantes faziam autoavaliação de suas atitudes e se orgulhavam de alguma tarefa que faziam corretamente. Após a aplicação do jogo identificou-se categorias: Empoderamento, Conhecimento, Superação, Ocupação. Conclusão: Promoveu-se reflexão do paciente no seu tratamento, firma-se resultante a promoção á saúde, bem como tributos que levam a uma melhora na autopercepção de saúde desses idosos em tratamento hemodialítico.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-12-10
Como Citar
Abreu de Carvalho, A., Falcão Martins, N., Silveira de Almeida Hammerschmdt, K., Coelho Gelsleuchter, J., Balbinote Reis Girondi, J., & Lopes Soares, G. (2019). GERONTOTECNOLOGIA EDUCACIONAL PARA PROMOÇÃO DA SAÚDE DE IDOSOS EM TRATAMENTO HEMODILIATICO. Revista Brasileira De Ciências Do Envelhecimento Humano, 16(2), 23. https://doi.org/10.5335/rbceh.v16i2.10369