CARACTERIZAÇÃO DOS ATENDIMENTOS AOS IDOSOS E INTERVENÇÕES REALIZADAS PELO SERVIÇO AÉROMÉDICO

  • Anderson Abreu de Carvalho Universidade Federal de Santa Catarina
  • Aline Corrêa da Costa Universidade Federal de Santa Catarina
  • Keyla Cristiane do Nascimento Universidade Federal de Santa Catarina
  • Melissa Orlandi Honório Locks Universidade Federal de Santa Catarina
  • Juliana Balbinote Reis Girondi Universidade Federal de Santa Catarina
  • Gustavo Lopes Soares Universidade Federal de Santa Catarina
Palavras-chave: Cuidado de Enfermagem, Idoso, Resgate aéreo

Resumo

Introdução: Com estilo de vida mais ativo, a população idosa acaba mais exposta aos fatores de riscos, ficando suscetíveis a doenças e acidentes, ocasionando os traumas(1). Esses tipos de demandas aumentam o atendimento de emergência para essa população(2). Pensando no atendimento pré-hospitalar, essa população exige, cuidados específicos e até mesmo intensivos por conta das suas peculiaridades. Objetivo: Analisar o perfil dos idosos e os cuidados de saúde realizados pelo serviço aeromédico do Batalhão de Operações Aéreas de Santa Catarina. Método: Pesquisa quantitativa, retrospectiva e transversal realizada entre novembro de 2017 a fevereiro de 2018 no Batalhão de Operações Aéreas de Santa Catarina. Os dados foram obtidos por meio do preenchimento de um instrumento, contendo variáveis como gênero, faixa etária, tipo de atendimento, procedimentos invasivos, entre outros. Foram incluídos os registros dos atendimentos realizados a pessoas com idade superior a 60 anos no período de 2013 a 2017. A análise dos dados deu-se pelo uso de estatística descritiva simples. Número do CEP: 2047148.Resultados: A amostra foi constituída por 538 atendimentos, sendo o maior número de atendimentos prestados ao sexo masculino 61,9%, a média de idade geral foi 72,02. Teve prevalência os atendimentos realizados na cidade de Florianópolis 33,1%. Na sua maioria nas residências 28,6%. Prevaleceu os atendimentos classificados como agravos clínicos 63,76%, sendo a Parada cardiorrespiratória a mais prevalente e as quedas o principal agravo das causas externas, representando 9,1%. Em relação ao desfecho 73,05% foram encaminhados a uma unidade hospitalar. Conclusão: Pode-se conhecer melhor o perfil dos atendimentos que foram prestados, identificando os principais cuidados de saúde que foram prestados durante a assistência pela equipe do aeromédico e o desfecho desses atendimentos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-12-10
Como Citar
Abreu de Carvalho, A., Corrêa da Costa, A., do Nascimento, K., Orlandi Honório Locks, M., Balbinote Reis Girondi, J., & Lopes Soares, G. (2019). CARACTERIZAÇÃO DOS ATENDIMENTOS AOS IDOSOS E INTERVENÇÕES REALIZADAS PELO SERVIÇO AÉROMÉDICO. Revista Brasileira De Ciências Do Envelhecimento Humano, 16(2), 14. https://doi.org/10.5335/rbceh.v16i2.10360