SATISFAÇÃO SEXUAL E O USO DE PRESERVATIVO EM INDIVÍDUOS FREQUENTADORES DE UM CENTRO DE CONVIVÊNCIA PARA IDOSOS NO MUNICÍPIO DE CHAPECÓ-SC

  • Carlos Reinoldo Britzke Brandão UNOCHAPECÓ
  • Jaqueline Dall’Agnol UNOCHAPECÓ
  • Juliano Brustolin UNOCHAPECÓ
Palavras-chave: Envelhecimento, Fragilidade, Sexualidade

Resumo

INTRODUÇÃO Por muito tempo, envelhecer foi considerado sinônimo de fragilidade, adoecimento e diminuição da autonomia, com a mudança no perfil demográfico passou-se a valorizar mais essa fase da vida¹. O sexo nessa fase é tão importante quanto na juventude, pois proporciona prazer e sensação de bem-estar². Mas, alguns hábitos de risco como a não utilização de preservativos os expõem a doenças³. Logo faz-se necessário políticas públicas voltadas para a saúde sexual deste público, uma vez que atualmente algumas ações e programas são insuficientes4. OBJETIVO Identificar o nível de satisfação e insatisfação sexual e o uso de camisinha em idosos frequentadores de um centro de convivência. MÉTODOS Estudo é descritivo do tipo transversal, analisou 80 idosos com idade > ou igual a 60 anos. Os dados foram obtidos através de um protocolo conforme as variáveis relevantes para a pesquisa, como idade, sexo, uso de camisinha, satisfação sexual, nº de parceiros. A análise e interpretação dos dados foi feita no software SPSS versão 20,0. O estudo foi aprovado pelo CEP/UNOCHAPECÓ sob número 2.841.123. Os idosos assinaram um termo de consentimento livre e esclarecido. RESULTADOS (n 80), 78,8% fem. A idade média foi 69,79 anos ±5,9. 71,3% estão sexualmente satisfeitos, 18,8% insatisfeitos. 57,5 % possuem um parceiro, 5% tem 2 parceiros e 1,3% possui 3 parceiros. 58,8% relataram nunca ter usado camisinha, 22,5% apenas as vezes e 17,5% usam sempre. Os motivos para não usar camisinha sempre são: ter um parceiro fixo 57,5%, desconforto 15,1%. CONCLUSÕES Foi possível perceber que a maior parte dos idosos está satisfeita com a vida sexual, isso leva a refletir sobre o quão relevante e necessário é o desenvolvimento de ações educativas e de saúde pública que abordem os temas relativos à sexualidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-11-07
Como Citar
Brandão, C., Dall’Agnol, J., & Brustolin, J. (2019). SATISFAÇÃO SEXUAL E O USO DE PRESERVATIVO EM INDIVÍDUOS FREQUENTADORES DE UM CENTRO DE CONVIVÊNCIA PARA IDOSOS NO MUNICÍPIO DE CHAPECÓ-SC. Revista Brasileira De Ciências Do Envelhecimento Humano, 16(2), 26. https://doi.org/10.5335/rbceh.v16i2.10212