LASERTERAPIA ASSOCIADA AO GUARANÁ: UMA ESTRATÉGIA TERAPÊUTICA ALTERNATIVA NA PREVENÇÃO DE LESÕES DE PELE

  • Nathália Cardoso de Afonso Bonotto UFSM
  • Verônica Farina Azzolin UFSM
  • Daíse Raquel Maldaner UFSM
  • Ivana Beatrice Mânica da Cruz UFSM
  • Marta Medeiros Frescura Duarte UFSM
  • Fernanda Barbisan UFSM
Palavras-chave: laser de baixa potência, guaraná, fibroblastos

Resumo

Introdução: O envelhecimento celular pode ser explicado pela teoria das espécies reativas de oxigênio (EROS). Essa teoria é baseada no envelhecimento induzido por efeitos deletérios na célula causados pelas EROS, as quais são consideradas um pré-requisito para o processo inflamatório e apoptótico. Dessa forma, o estresse oxidativo teria um papel central nos processos de envelhecimento celular da pele fortemente relacionado a queda na síntese de colágeno e elastina por parte dos fibroblastos, assim com o envelhecimento há uma maior propensão ao surgimento de lesões de pele, que são hoje um grave problema de saúde pública no Brasil. Alternativas de prevenção as lesões são relevantes de serem estudadas e podem impactar o cenário social, de saúde e econômico. Objetivo: Avaliar o efeito in vitro da laserterapia de baixa potência associada ao guaraná em fibroblastos humanos envelhecidos. Metodologia: Fibroblastos dérmicos humanos (HFF-1) foram adquiridos comercialmente, cultivados em condições ideias de cultura celular. Inicialmente as células foram envelhecidas através de cultivo, e então expostas a guaraná na concentração de 5µg / mL e após 2 horas ao laser de baixa potência (LBP) usando um Endophoton LLT 0107 KLD® a 660 nm como fonte de irradiação, potência de saída de 35 mW , frequência 16 Hz, modo de onda contínua pontual, dose administrada de 4 J / cm2 com tempo de exposição de 14 s. Após 72 horas de exposição foram analisados marcadores oxidativos (dano ao DNA, dano a lípideos) e níveis proteicos dos fatores de crescimento FGF-1 e KGF relacionados a sintese de colageno e elastina. A análise estatistica através do programa Graph Pad Prism 5.0, por Anova de 2 vias seguida de teste Post-Hoc de Tukey. Foram considerados significativos os resultados com p < que 0.05. Resultados: O tratamento combinado com guaraná e LBP diminuiu significativamente a oxidação de lipideos e do DNA, bem como modulou positivamente os níveis de FGF-1 e KGF. Algumas dessas alterações também foram observadas após o tratamento com guaraná ou LBT isoladamente. Conclusões: Apesar das limitações inerentes aos estudos in vitro, estes resultados podem ser considerados significativos, podendo ter relevância tanto na clínica médica como estética, uma vez que esta pode ser uma alternativa importante na prevençaõ de lesões de pele, bem como na questão de rejuvenescimento. Entretanto, mais estudos precisam ser realizados para confirmação destes resultados.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-11-06
Como Citar
Bonotto, N., Azzolin, V., Maldaner, D., Cruz, I., Duarte, M., & Barbisan, F. (2019). LASERTERAPIA ASSOCIADA AO GUARANÁ: UMA ESTRATÉGIA TERAPÊUTICA ALTERNATIVA NA PREVENÇÃO DE LESÕES DE PELE. Revista Brasileira De Ciências Do Envelhecimento Humano, 16(2), 54. https://doi.org/10.5335/rbceh.v16i2.10208