Analisando uma técnica de elicitação baseada na criatividade combinacional - um estudo comparativo

Lyrene Fernandes Silva, Rafael Pinto, Márcia Lucena

Resumo


Diante da crescente competitividade do mercado, a Engenharia de Requisitos tem buscado, através de técnicas de criatividade, fornecer meios para elicitação de requisitos úteis e inovadores. Dentre estas técnicas há a criatividade combinacional, que possibilita a produção de novas ideias através da combinação de ideias antigas não familiares. Trabalhos nesta linha têm demonstrado bons resultados, mas poucos comparam esta técnica com outras. Assim, o objetivo deste trabalho é comparar os resultados alcançados na elicitação usando e não usando uma abordagem combinacional. A elicitação teve a participação de 17 usuários assíduos de um sistema acadêmico, dos quais 9 utilizaram a abordagem combinacional e 8 uma abordagem baseada em entrevista. A elicitação foi realizada numa reunião, na qual os participantes criaram, individualmente, 42 requisitos válidos, 21 por cada técnica. Destes, apenas 9 foram avaliados como úteis e originais. Em termos quantitativos, não houve grande diferença na quantidade de requisitos ao mesmo tempo úteis e originais que foram gerados pelas duas técnicas. Entretanto, mais requisitos úteis foram gerados com a técnica de entrevista. Em termos qualitativos, os participantes sugeriram que uma abordagem mista facilitaria a elaboração de ideias inovadoras.

Palavras-chave


Criatividade Combinacional, Elicitação de Requisitos, Entrevista, Estudo Empírico.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5335/rbca.v9i4.6786