Lori’s Help: um aplicativo para auxílio na alfabetização de pessoas com Síndrome de Down

  • Marcus Vinicius Girolneto Sousa Pontifícia Universidade Católica de Goiás
  • Dione Ramos
  • Lays Xavier de Castro
  • Michelle Cruz
  • Juliana Santos de Souza Hannum
  • Talles Marcelo G. de A. Barbosa
Palavras-chave: Síndrome de Down, Attention Meter, Biofeedback.

Resumo

síndrome de Down é causada pela presença de três cromossomos 21 em todas ou na maior parte das células de um indivíduo [1]. As pessoas com síndrome de Down, ou trissomia do cromossomo 21, têm 47 cromossomos em vez de 46, como a maior parte da população. A pessoa com síndrome de Down tem idade cronológica diferente de idade funcional, desta forma, não é esperada uma resposta idêntica à resposta das pessoas com desenvolvimento típico [9]. Esta deficiência advém de desajustes funcionais do sistema nervoso, causando dificuldade no aprendizado. Essas dificuldades podem ser manifestadas desde a alfabetização básica até a realização de atividades cotidianas. O software desenvolvido neste trabalho tem o intuito de auxiliar pessoas com síndrome de Down durante o processo de alfabetização. O auxílio é fornecido por meio de atividades, como, por exemplo, o pareamento de vogais. Além disso, durante a execução dessas atividades, um algoritmo para biofeedback, conhecido como Attention Meter, monitora a atenção demonstrada pelos os usuários. Ao final, é gerado um relatório do desempenho para cada usuário, com marcadores que destacam o comportamento durante a execução de cada atividade. Assim, ao longo do processo de alfabetização, é possível quantificar e qualificar as atividades propostas não apenas pela quantidade de acertos, mas, também, pelo engajamento pessoal de cada usuário do aplicativo.
Publicado
2017-07-28
Como Citar
[1]
Sousa, M.V., Ramos, D., Castro, L., Cruz, M., Hannum, J. e Barbosa, T.M. 2017. Lori’s Help: um aplicativo para auxílio na alfabetização de pessoas com Síndrome de Down. Revista Brasileira de Computação Aplicada. 9, 2 (jul. 2017), 2-13. DOI:https://doi.org/10.5335/rbca.v9i2.6633.
Seção
Relato de Experiência
Share |