Sistemas de posicionamento indoor (IPS) para aplicações de realidade aumentada: uma avaliação da precisão

  • Fábio Britto de Carvalho Almeida SENAI CIMATEC
  • Ingrid Winkler Centro Universitário SENAI CIMATEC/ Programa de Pós-Graduação em Modelagem Computacional e Tecnologia Industrial (PPGMCTI)
  • Valter de Senna Centro Universitário SENAI CIMATEC/ Programa de Pós-Graduação em Modelagem Computacional e Tecnologia Industrial (PPGMCTI)
Palavras-chave: Precisão; Realidade Aumentada; Sistemas de Posicionamento Indoor;

Resumo

A tecnologia realidade aumentada (RA) possibilita enriquecer o mundo real com informações oriundas do mundo virtual, através de um dispositivo tecnológico que execute aplicações em tempo real. Porém, a tecnologia RA, apesar de ser utilizada em diferentes setores, ainda possui limitações que impedem que seja inserida no campo industrial de maneira mais efetiva e abrangente. Entre as limitações que levam a que ainda não esteja madura estão limitações relacionadas à interação com o usuário, aos próprios dispositivos de hardware (que precisam ser mais confortáveis), e às técnicas de reconhecimento e rastreamento. O objetivo do presente estudo é avaliar a imprecisão gerada por dispositivos de localização indoor na medição de coordenadas virtuais para futura aplicação em RA no contexto industrial. Para isso, foi realizado um estudo dos sistemas de posicionamento indoor (IPS) existentes e destes foram selecionados apenas os que atendiam a premissa dessa pesquisa. Após isso, foram adquiridos produtos de mercado que representassem os três IPS selecionados e foram realizados ensaios de precisão, estabilidade e propagação de erro. Os resultados demonstraram que as tecnologias baseadas em imagens e ultrassom, representados pelos dispositivos Hololens e Marvelmind respectivamente, apresentaram excelentes resultados.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-01-08
Como Citar
[1]
Almeida, F., Winkler, I. e de Senna, V. 2020. Sistemas de posicionamento indoor (IPS) para aplicações de realidade aumentada: uma avaliação da precisão. Revista Brasileira de Computação Aplicada. 12, 1 (jan. 2020), 104-112. DOI:https://doi.org/10.5335/rbca.v12i1.10139.
Seção
Artigo Original
Share |