A FOLIA DE SÃO TOMÉ NO QUILOMBO ARAPUCU

CULTURA AFRO-BRASILEIRA RESULTANTE DO DESLOCAMENTO COMPULSÓRIO DE ESCRAVOS AFRICANOS PARA A AMAZÔNIA

  • Leandro de Castro Tavares

Resumo

Neste artigo, busca-se apresentar partes de uma pesquisa que foi realizada sob os pressupostos teóricos da História Cultural e, metodologicamente, caracterizada como de campo, do tipo História Oral e documental. O lócus da pesquisa foi a comunidade Arapucu, localizada no município de Óbidos, mesorregião amazônica do Oeste do Estado do Pará. É instigante pensar em valorizar as histórias de práticas dos povos tradicionais e suas experiências, pois assim, poderá ser um fator determinante para a construção de uma identidade positiva. Desse modo, frisa-se que a folia praticada na comunidade Arapucu é vista como prática cultural afro-brasileira, isso porque todas as folias existentes no município surgiram em áreas remanescentes de quilombos, assim como o uso, principalmente de instrumentos de origem africana. Dessa forma, a Folia de São Tomé representa a cultura afro-brasileira na comunidade Arapucu.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-06-02