IDENTIDADE E CULTURA DE DEFESA – ALGUNS APONTAMENTOS SOBRE A FORÇA AÉREA BRASILEIRA

Anderson Matos Teixeira

Resumo


Atualmente os estudos sobre as instituições militares tem avançado cada vez mais para formular ensaios e pensamento sobre a organização e funcionamento das forças armadas. Há uma série de variáveis a serem levadas em conta, como a formação da instituição, o contexto e os aspectos da sua estruturação. Neste ensaio exploratório buscamos compreender, de modo geral, o que é cultura e a identidade de defesa e como pode ser aplicado aos estudos sobre a Força Aérea Brasileira, entendendo como se deu sua criação, a formulação de seu pensamento ao longo do tempo, o modelo de força e como isto pode ser observado em termos materiais. Além, como a cultura da força pode impactar no processo de integração regional, conforme o caso apresentado. Baseia-se em um estudo qualitativo, levando em conta aspectos doutrinários da FAB e os meios que emprega. Ainda, o foco está nos modelos empregados em instrução primaria na formação inicial dos pilotos militares.

 

 

 

Palavras-Chave: Cultura de Defesa; identidade de defesa; pensamento da FAB; treinador primário; UNASUL-1.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.