SOBRE OS CONCEITOS DE REGIÃO E FRONTEIRA: CONTRIBUIÇÕES PARA A COMPREENSÃO DE ASPECTOS HISTÓRICOS NA MÚSICA SUL-RIO-GRANDENSE

  • Ghadyego Carraro Ribeiro Universidade de Passo Fundo

Resumo

Este artigo é parte de uma pesquisa ainda em caráter inicial que envolve a música sul-rio-grandense e seus desdobramentos históricos, principalmente com relação ao seu processo de desenvolvimento e aclimatação. O artigo está dividido em três capítulos: o primeiro aborda o conceito de região e, o segundo reflete sobre o conceito de fronteira, ambos com base em estudos de autores como Bajaras (2009); Carbonari (2009); Chiaramonte (2008); Golin (1997; 1998; 2002; 2004); Heredia (2007); Oliveira (2000); Reichel/Bandieri (2011); Reckzigel (2000). Já o terceiro capítulo apresenta alguns apontamentos e discussões destes dois conceitos no âmbito da música no estado. O processo metodológico baseou-se na revisão de literatura de obras que tratam dos temas em questão, principalmente na ótica da realidade sul-americana. As considerações apresentam algumas contribuições desses conceitos, principalmente no que diz respeito à compreensão histórica de aspectos da música sul-rio-grandense.Palavras-chave: música e história; música sul-rio-grandense; região e fronteira.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2016-08-01
Como Citar
Carraro Ribeiro, G. (2016). SOBRE OS CONCEITOS DE REGIÃO E FRONTEIRA: CONTRIBUIÇÕES PARA A COMPREENSÃO DE ASPECTOS HISTÓRICOS NA MÚSICA SUL-RIO-GRANDENSE. Semina - Revista Dos Pós-Graduandos Em História Da UPF, 15(1). Recuperado de http://seer.upf.br/index.php/ph/article/view/6230