QUINZE PAIS-NOSSOS E AVE-MARIAS: PECCATORUM DA BANDA O TERÇO

  • Alexandre Saggiorato Universidade de Passo Fundo

Resumo

Buscando compreender e analisar as características do obscuro e pouquíssimo estudado rock brasileiro dos anos 1970 e neste caso, mais precisamente a banda de rock progressivo O Terço, o artigo forma a hipótese de que a banda dentro de um contexto político e social da época possibilitou uma contraposição ao regime militar não somente por meio da tradicional militância política das esquerdas, mas de uma maneira transgressora envolvida nas atitudes comportamentais dos grupos que caracterizaram naquele momento um ato subversivo à censura e à repressão militar. Para compreender como a banda se posicionava neste contexto histórico brasileiro, é de extrema importância analisar as letras construídas pelo Terço, pois tais canções expõem as posições políticas, sociais e culturais adotadas pela banda.Palavras-chave: Brasil; Década de 1970; O Terço.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2016-08-01
Como Citar
Saggiorato, A. (2016). QUINZE PAIS-NOSSOS E AVE-MARIAS: PECCATORUM DA BANDA O TERÇO. Semina - Revista Dos Pós-Graduandos Em História Da UPF, 15(1). Recuperado de http://seer.upf.br/index.php/ph/article/view/6226