Aos santos agradecemos pela nossa prosperidade:Os capitéis como patrimônio cultural étnico e religioso da Colônia Boa Esperança (Rolante, RS)*Unto the saints we thank you for our prosperity:The chapiters as ethnic and religious cultural heritage

  • Aline Nandi Faculdades Integradas de Taquara- FACCAT
  • Daniel Luciano Gevehr Faculdades Integradas de Taquara- FACCAT

Resumo

Resumo: Esta pesquisa se propõe a discutir o processo de construção e significação que envolve os capitéis (pequenos oratórios) construídos nas margens das estradas entre 1945 e 1960 por imigrantes italianos e seus descendentes na localidade de Boa Esperança, localizada no município de Rolante (RS). O objetivo central do estudo é fazer um levantamento doscapitéis e sua constituição, bem como discutir o contexto e as motivações que levaram a essas construções nessa comunidade ítalo-riograndense. Analisamos a relação desses capitéis com as noções de identidade, religiosidade e etnicidade, presentes no contexto da Colônia Boa Esperança.Palavras-chave: Capitéis; Imigração Italiana; Religiosidade.Abstract: This research aims at discussing the process of construction and signification surrounding the Chapiters (small oratories) built on the shores of roads between 1945 and 1960 by Italian immigrants and their descendents in the locality of Boa Esperança, located in Rolante (RS). The central objective of the study is to survey their Chapiters and their constitution, well as to discuss the context and motivations that led to these constructions in this italo-riograndense community. Analyzed the relationship of these chapiters with thenotions of identity, religion and ethnicity, present in the context ofColônia Boa Esperança.Keywords: Chapiters, Italian Immigration, Religiosity.

Biografia do Autor

Aline Nandi, Faculdades Integradas de Taquara- FACCAT
Licenciada em História      pela       Universidade do Sul de Santa Catarina -Unisul-      (2010) ;    Especialista             em  Gestão de Políticas Públicas    Municipais      pelo       Centro Universitário Leonardo da Vinci       (2013)  ;  Curso de Jornalismo não concluído; Atualmente mestranda no Programa    de Pós Graduação em Desenvolvimento Regional  das Faculdades Integradas de Taquara- Bolsitas Capes e Membro de corpo editorial da revista do PPGDR-     Colóquio. Experiência na área de História, atuando principalmente nos seguintes temas:  História das mulheres, Representações, Processos identitários e suas relações com o desenvolvimento regional. Agricultura Familiar; Gênero e Jornalismo; Mulheres e Agricultura Familias as dunâamicas de trabalho no meio rural; Esteriótipos de Gênero e a represnetação Feminina na Imprensa Escrita; Violência Contra Mulheres e Políticas Públicas no ambito da aplicabilidade da legislação. Desenvolvimento Rural e Regional um olhar sobre a agricultura familiar e o trabalho das mulheres.
Daniel Luciano Gevehr, Faculdades Integradas de Taquara- FACCAT
Daniel Luciano Gevehr é doutor em História (2007) pela  Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS). Possui graduação em história (2000) e mestrado em história (2003) pela mesma Universidade. Foi bolsista do Programa Especial de Treinamento (PET História - CAPES) entre 1996 e 2000. Autor da Tese Pelos Caminhos de Jacobina: memórias e sentimentos (res)significados.  É pesquisador integrante do grupo de pesquisa Núcleo de Estudos de História da Imigração (CNPq), na Linha de Pesquisa Espaço, Economia e Sociedade, vinculado ao Programa de Pós-Graduação em História (PPGH) da Universidade de Passo Fundo (UPF). É pesquisador e professor no curso de mestrado do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional (PPGDR), onde atua como Líder do Grupo de Pesquisa (CNPq) Instituições, Ordenamento Territorial e Políticas Públicas para o Desenvolvimento Regional, das Faculdades Integradas de Taquara (FACCAT). Atua como coordenador do Curso de História, Licenciatura e também como professor-pesquisador e coordenador de projetos institucionais no Instituto Superior de Educação Ivoti (ISEI). É Coordenador Institucional do Pibid - Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (CAPES-ISEI).  Seu campo de investigação privilegia, atualmente, as questões que envolvem a problemática da memória,das sensibilidades, das representações e da produção de narrativas no campo historiográfico. Tem experiência na área de História, atuando principalmente nos seguintes temas: Geografia e História do Mundo Contemporâneo, História do Brasil e do Rio Grande do Sul, História do desenvolvimento regional, Espacialidades e territorialidades, Movimento Mucker, Patrimônio, memória e desenvolvimento regional, História das mulheres, Representações, Processos identitários e suas relações com o desenvolvimento regional.
Publicado
2014-12-11
Seção
Artigos Livres