O RIO GRANDE DO SUL E A HEGEMONIA POLÍTICA DO CORONELISMO NA REPÚBLICA VELHA: UM ESTUDO COMPARATIVO EM GRAMSCI

  • Luiz Francisco Matias Soares

Resumo

A  República Velha  (1889-1930)  foi marcada  pela  prática  do coronelismo. No  estado do Rio Grande do Sul,  os  chefes locais  e grandes  proprietários  aliados  aos intelectuais  partidários  estabeleceram  a  hegemonia  política  e  o  controle  econômicosocial. Gramsci ao analisar a sociedade italiana e a hegemonia da classe burguesa  desde o  século  XIX  até  o  inicio  do  XX,  observou  a  importância  da  intelectualidade  e  os aparelhos  privados,  entre  eles  os  partidos,  para  as  elites  obterem  a  manutenção  do controle econômico-social.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2014-10-11
Como Citar
Matias Soares, L. F. (2014). O RIO GRANDE DO SUL E A HEGEMONIA POLÍTICA DO CORONELISMO NA REPÚBLICA VELHA: UM ESTUDO COMPARATIVO EM GRAMSCI. Semina - Revista Dos Pós-Graduandos Em História Da UPF, 10(1). Recuperado de http://seer.upf.br/index.php/ph/article/view/4397
Seção
Artigos Livres