Diálogos com Michel de Certeau: reflexões sobre o consumo

  • Natali B. Spohr Schmitt

Resumo

Resumo: Ao pensar sobre a cultura de uma sociedade, o universo escolar e as questões da língua, Michel de Certeau desenvolve a partir daí, outra interpretação daquilo que era tido  como  natural  no  consumo  das  coisas  pelos  sujeitos,  ou  seja,  desnaturaliza  a passividade  destes  atos  e  propõe  que  quando  consomem,  os  indivíduos  manipulam  os produtos  conforme  seus  interesses.  Semelhante  a  isso,  na  mídia  e  na  educação,  e também no turismo, são observadas essas possibilidades. Palavras-chave: Michel de Certeau, A invenção do cotidiano, Consumo.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2013-11-20
Seção
Artigos Livres