Uma experiência de pesquisa com fontes digitalizadas da hemeroteca do Centro Nacional do Folclore e Cultura Popular – (CNFCP)

Palavras-chave: História e Pandemia, Fontes Digitais, História do Tempo Presente

Resumo

A presente proposta refletiu sobre os aspectos metodológicos de uma experiência de pesquisa com jornais digitalizados na hemeroteca do Centro Nacional do Folclore e Cultura Popular – CNFCP, que resultou no livro No ritmo do fogo: contos e memórias da Guerra de Espadas na Bahia. Em diálogo com uma bibliografia base sobre História do Tempo Presente, foram apresentados os percalços e possibilidades na pesquisa com fontes digitais em História. Concluiu-se que é fundamental que historiadores atuem com rigor teórico-metodológico quando da utilização dessa documentação que está disponível publicamente, evitando, dessa forma, usos puramente utilitaristas das fontes históricas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALMEIDA, Fábio Chang de. O historiador e as fontes digitais; uma visão acerca da internet como fonte primária para pesquisas históricas. AEDOS – Revista do Corpo Discente do PPG-História da UFRGS, v. 3, n. 8, p. 9-30, jan./ jun. 2011. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/aedos/article/view/16776. Acesso em: 29 jun. 2021.

ALMEIDA, Leandro Antonio de. Mecanismos de busca em hemerotecas digitais nacionais: possibilidades e desafios para a pesquisa histórica. Fênix – Revista de História e Estudos Culturais, v. 10, n. 2, p. 1-17, jun./dez. 2013. Disponível em: https://www.revistafenix.pro.br/revistafenix/article/view/509. Acesso em: 29 jun. 2021.

BAHIA. Fundação Pedro Calmon lança prêmio de R$ 7 milhões para cultura. Fundação Pedro Calmon [online], 2020. Disponível em: http://www.fpc.ba.gov.br/2020/10/1848/Fundacao-Pedro-Calmon-lanca-Premio-de-R-7-milhoes-para-Cultura.html. Acesso em: 8 jun. 2021.

BLOCH, Marc. Apologia da história ou o ofício do historiador. Rio de Janeiro: Zahar, 2002.

BRASIL, Eric; NASCIMENTO, Leonardo Fernandes. História digital: reflexões a partir da hemeroteca digital brasileira e do uso de CAQDAS na reelaboração da pesquisa histórica. Estudos Históricos, Rio de Janeiro, v. 33, n. 69, p.196-219, jan./abr. 2020. Disponível em: http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/reh/article/view/79933. Acesso em: 29 jun. 2021.

CENTRO NACIONAL DE FOLCLORE E CULTURA POPULAR. Hemeroteca. CNFCP [online]. Disponível em: http://www.cnfcp.gov.br/interna.php?ID_Materia=2. Acesso em: 14 jun. 2021.

CEZARINHO, Filipe Arnaldo Cezarinho; DOURADO, Tábata Figueiredo. No ritmo do fogo: contos e memórias da Guerra de Espadas na Bahia. Bauru: Gradus Editora, 2021. Disponível em: https://www.graduseditora.com/no-ritmo. Acesso em: 29 jun. 2021.

CEZARINHO, Filipe Arnaldo. História e fontes da internet: uma reflexão metodológica. Temporalidades – Revista de História, Edição 26, v. 10, n. 1, p. 320-338, jan./abr. 2018. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/temporalidades/article/view/5878. Acesso em: 29 jun. 2021.

GINZBURG, Carlo. Os prós e contras do google. Fronteiras o Pensamento [online], 2010. Disponível em: https://www.fronteiras.com/videos/os-pros-e-contras-do-google. Acesso em: 8 jun. 2021.

MAYNARD. Dilton Cândido Santos. Sobre tempos digitais: tempo presente, História e internet. In: GONÇALVES, Janice (Org.). História do tempo presente: oralidade – memória – mídia. Itajaí, SC: Casa Aberta, 2016. p. 77-99. Disponível em: https://www.academia.edu/36156422/Hist%C3%B3ria_do_Tempo_Presente_oralidade_mem%C3%B3ria_m%C3%ADdia. Acesso em: 29 jun. 2021.

MEDEIROS, Ana Ligia Silva. Democratizando o acesso aos jornais raros: o uso da tecnologia a serviço da pesquisa. Verbo de Minas, Juiz de Fora, v. 18, n. 31, p. 65-77, jan./jul. 2017. Disponível em: https://seer.cesjf.br/index.php/verboDeMinas/article/view/1173/840. Acesso em: 29 jun. 2021.

OLIVEIRA, Nucia Alexandra Silva de. História e internet: conexões possíveis. Revista Tempo e Argumento, Florianópolis, v. 6, n. 12, p. 23-53, maio/ago. 2014. Disponível em: https://revistas.udesc.br/index.php/tempo/article/view/2175180306122014023. Acesso em: 29 jun. 2021.

RODRIGUES, Pedro Eurico. A teia, a tela e o tempo: internet e a história do tempo presente. Revista Tempo e Argumento, Florianópolis, v. 6, n. 12, p. 131-150, maio/ago. 2014. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/tempo/article/view/2175180306122014131. Acesso em: 29 jun. 2021.

SANTOS, Jean Mac Cole Tavares. Atualidade da história do tempo presente. Revista Historiar, v. 1, n. 1, p. 7-13, 2009. Disponível em: https://historiar.uvanet.br/index.php/1/article/view/1. Acesso em: 29 jun. 2021.

TOMASI, Julia Massucheti. O presentismo e a revolução documental: as páginas da internet como documentos de pesquisa para a História – Da volatilidade à instantaneidade. Cadernos do Tempo Presente, n. 12, (Sem página), jun. 2013. Disponível em: https://seer.ufs.br/index.php/tempo/article/view/2710. Acesso em: 29 jun. 2021.
Publicado
2021-08-25
Como Citar
Cezarinho, F. (2021). Uma experiência de pesquisa com fontes digitalizadas da hemeroteca do Centro Nacional do Folclore e Cultura Popular – (CNFCP). Semina - Revista Dos Pós-Graduandos Em História Da UPF, 20(2), 96 - 111. https://doi.org/10.5335/srph.v20i2.12864