150 anos de uma historiografia em conflito (1870-2020)

  • Fabiano Barcellos Teixeira Universidade de Passo Fundo, Brasil
Palavras-chave: Guerra, Historiografia, Prata

Resumo

Analisa-se como ocorreu, em geral, a evolução das publicações e pesquisas sobre a Grande Guerra do Prata desde o silenciar das armas, há 150 anos. O caráter ufanista que enaltece suposto atos heroicos do lado vencedor do conflito sempre esteve presente, talvez agora com uma roupagem mais moderna. No entanto, há trabalhos competentes que dinamizam o debate acerca da chamada Guerra do Paraguai, assunto que ainda tem muito a ser estudado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARIAS NETO, José Miguel. “Uma batalha naval concentra por si só um século de glórias: Riachuelo na história e na memória”. Revista Navigator, Rio de Janeiro. Vol. 11, n. 21, jun. de 2015. Disponível em: http://www.revistanavigator.com.br/navig21/dossie/N21_dossie3.pdf. Acesso em 05 de janeiro de 2016.

BANDEIRA, Luiz A. M. O Expansionismo brasileiro e a formação dos Estados na bacia do Prata. 3. ed. Brasília: UNB, 1998. (1 ed. 1985.);

BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR – MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA DO BRASIL. Educação é a base. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/ Acesso em 20 de abril de 2020.

CHIAVENATO, Julio José. Genocídio Americano: a Guerra do Paraguai. São Paulo: Brasiliense 1979.

COSTA, Wilma Peres. A Espada de Damocles, O Exercito, A Guerra do Paraguai e A Crise do Imperio. CAMPINAS/S.Paulo: HUCITEC/UNICAMP, 1996;

COUTO, Mateus de Oliveira. “Os escravos libertos na Guerra do Paraguai: luta, resistência e preconceito!”. Revista de História da Universidade Nacional de Córdoba, Centro de Estudos Avançados. nov. 2010. p. 93-105. Disponível em: http://www.cea2.unc.edu.ar/africa-orientemedio/contrapdfs/10/05COUTO.pdf. Acesso em 10 de junho de 2017.

DORATIOTO, Francisco F. M. Maldita Guerra: Nova história da Guerra do Paraguai. São Paulo: Companhia das Letras, 2002;

DUARTE, Paulo de Queiróz. Os voluntários da Pátria na Guerra do Paraguai. [1. ed. 1910] Rio de Janeiro: Biblioteca do Exército, 1981.

ESSELIN, Paulo Marcos. A Pecuária Bovina no Processo de Ocupação e Desenvolvimento Econômico do Pantanal Sul - Mato Grossense (1830 - 1910). 1º. ed. Dourados: Editora da Universidade Federal de Dourados, 2011

ESSELIN, Paulo Marcos; MARTINS JUNIOR, Carlos. (Org.). Guerra Grande: A Tríplice Aliança contra o Paraguai, Visões e Revisões. Porto Alegre; Passo Fundo: FCM; PPGH-UPF, 2017.

FIGUEIRA, Divalte Garcia. Sodados e negociantes na na Guerra do Paraguai. Fapesp: São Paulo, 2001;

FRAGOSO, Augusto Tasso. (1869-1945) História da guerra entre a Tríplice Aliança e o Paraguai. Rio de Janeiro: Imprensa do Estado-Maior do Exército, 1934. 5 vol.

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL. Congresso de História Regional. Disponíveis em: https://cpaq.ufms.br/guerra-do-paraguai-150-anos-depois/; http://www.congressohistoriaregional.com.br/; https://www.ufms.br/iii-congresso-de-historia-regional-acontece-em-julho-em-aquidauana/; https://congressohistoriacpaq.ufms.br/. Acessados em 16 de maio de 2018.

“Guerra Guasú”. Documental Completo, Capítulos 1, 2, 3, y 4 (2h e 36min; 2014). TV PÚBLICA PARAGUAY. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=4887gDjgm9Y. Acesso em 20 de setembro de 2016.

GUIMARÃES, Acyr Vaz. A Guerra do Paraguai: verdades e mentiras. Campo Grande: Instituto Histórico, 2000.

HOBSBAWM, Eric. Nações e Nacionalismo desde 1780. 4. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1990.

JARDIM, Wagner Cardoso. Longe da Pátria: A invasão paraguaia do Rio Grande do Sul e a rendição em Uruguaiana, 1865. Porto Alegre: FCM Editora; Passo Fundo PPGH UPF, 2015. [Dissertação de Mestrado defendida no PPGH da Universidade de Passo Fundo-RS, 2014]

LEMOS, Miguel. A nossa irmã: a República do Paraguai. Apostolado Positivista do Brasil, nº 148, Rio de Janeiro, Capela da Humanidade, 1894;

LEMOS, Miguel. Pela fraternidade sul-americana e especialmente no que concerne às realizações do Brasil e da Argentina com o Uruguai e, sobretudo, o Paraguai. Apostolado Positivista do Brasil, Rio de Janeiro, Templo da Humanidade, 1910.

LOBO, Helio. Cousas diplomáticas. Rio de Janeiro: Leite Ribeiro & Maurillo, 1918.
MADUREIRA, Antonio de Sena. Guerra do Paraguai: reposta ao sr. Jorge Thompson. [1. ed. 1870] Rio de Janeiro: Biblioteca do Exército, 1956.

MAESTRI, Mário. “A guerra contra o Paraguai História e Historiografia: da instauração a restauração historiográfica (1871-2002)”. Revista Espaço Acadêmico. Maringá, I, 91, dezembro 2008; II, janeiro 2009.

MAESTRI, Mário. “Os positivistas ortodoxos e a guerra contra o Paraguai”. Revista Brasileira de História Militar. Ano II, nº 04, abril de 2011. Disponível em: . Acesso em 27 de janeiro de 2013.

MAESTRI, Mário. A Guerra no Papel: história e historiografia da guerra do Paraguai. 1. ed. Passo Fundo: PPGH UPF, 2013;

MAESTRI, Mário. Paraguai: A República Camponesa (1810-1865). Porto Alegre: FCM, 2014;

MAESTRI, Mário. Mar del Plata. Dominação e Autonomia no Sul da América: Argentina Brasil, Uruguai (1810-1864). FCM: Porto Alegre, 2016;

MAESTRI, Mário. Guerra sem fim: a Tríplice Aliança contra o Paraguai: a Guerra Ofensiva. 1864-1865. 1. ed. Porto Alegre; Passo Fundo: FCM Editora; UPF Editora, 2017.

MAESTRI, Mário. La Guerra sin Fin: La Triple Alianza contra la República del Paraguay: La Guerra Defensiva. 1866-70. 1. ed. Asunción: Intercontinental Editora, 2018.

MENDES, Raimundo Teixeira. Benjamim Constant: esboço de uma apreciação sintética da vida e obra do fundador da República Brasileira. 1. Vol. Rio de Janeiro: Sede Central da Igreja Positivista do Brasil, 1892.

MENDES, Raimundo T. “Ainda o militarismo e a política moderna: a propósito das recentes glorificações oficiais da Guerra do Paraguai”. Apostolado Positivista do Brasil, n. 261, Rio de Janeiro, Capela da Humanidade, 1908.

MENEZES, Alfredo da Mota. Guerra do Paraguai: como construímos o conflito. São Paulo: Contexto; Cuiabá: Editora da UFMT, 1998.

MIRANDA FILHO, Orlando. O Primeiro Tiro: A ocupação do sul de Mato Grosso na Guerra do Paraguai (1864-70). Porto Alegre: FCM; Passo Fundo, PPGH Universidade de Passo Fundo, 2016. [Dissertação de Mestrado defendida no PPGH da Universidade de Passo Fundo-RS, 2016]

PEÑA, Milcíades. La era de Mitre de Caseros a la guerra de la Triple Infamia. 3 ed. Buenos Aires: ediciones fichas, 1975;

PEZAT, Paulo R. Auguste Comte e os fetichistas: estudos sobre as relações entre a Igreja Positivista do Brasil, o Partido Republicano Rio-Grandense e a política indigenista da República Velha. Dissertação de Mestrado em História – UFRGS, 1997.

POMER, León. La guerra del Paraguay: gran negocio! Buenos Aires: Caldén, 1968;

POMER, León. A Guerra do Paraguai: a grande tragédia rioplatense. 2 ed. São Paulo: Global, 1980;

QUEIRÓZ, Silvânia de. Revisando a Revisão: Genocídio Americano: A Guerra do Paraguai de J. J. Chiavenato. Porto Alegre: FCM, 2014. [Dissertação de Mestrado defendida no PPGH da Universidade de Passo Fundo-RS, 2013]

QUEIRÓZ, Silvânia de. Revisando la Revisión: Genocidio Americano: La Guerra del Paraguay de J. J. Chiavenato. Asunción: Intercontinental, 2018.

RECKZIEGEL, Ana Luiza Setti; HEINSFELD, Adelar (Orgs.) Estados americanos: trajetórias em dois séculos. Passo Fundo: UPF, 2012.

SILVA, Alberto Moby Ribeiro da. La noche de las kygua vera: la mujer y la reconstrucción de la identidad nacional en la posguerra de la Triple Alianza. Asunción: Intercontinental, 2010;

SILVA, Raul de Andrada e. Ensaio sobre a ditadura no Paraguai: 1814-40. São Paulo: Coleção Museu Paulista, 1978;
SILVEIRA, Mauro César. A Batalha de Papel: A Guerra do Paraguai através da caricatura. Porto Alegre: L&PM, 1996; SOUSA, Jorge da Prata de. Escravidão ou Morte: os escravos brasileiros na Guerra do Paraguai. 1. ed. Rio de Janeiro: Mauad, 1996.

SQUINELO, Ana Paula (orgs). 150 anos após – A Guerra do Paraguai: entreolhares do Brasil, Paraguai, Argentina e Uruguai. Campo Grande-MS: Ed. UFMS, 2016. 446 p. il., 25 cm. (volume 2).

TAUNAY, Alfredo De’Escragnolle, Visconde de. A Retirada da Laguna: episódio da Guerra do Paraguai. 17. ed. [1. ed. 1871] São Paulo: Melhoramentos, 1967.

TEIXEIRA, Fabiano B. A Primeira Guerra do Paraguai: a expedição naval do Império do Brasil a Assunção (1854-55). Passo Fundo: Méritos, 2012;

TEIXEIRA, Fabiano B. La víspera de la Triple Infamia: el ensayo general brasileño de la armada de Ferreira de Oliveira y el rechazo paraguayo (1854-55). Asunción: Sevilibro, 2017.

THIESSE, Anne-Marie. “Ficções criadoras: as identidades nacionais.” Revista Anos 90, Porto Alegre: UFGRS, v. 1, n. 15, p. 7-23, 2001-2002. Em . Acesso em 10 de outubro de 2015.
Publicado
2020-09-30
Como Citar
Barcellos Teixeira, F. (2020). 150 anos de uma historiografia em conflito (1870-2020). Semina - Revista Dos Pós-Graduandos Em História Da UPF, 19(2), 9-20. Recuperado de http://seer.upf.br/index.php/ph/article/view/11691