BIORREMEDIAÇÃO COMO ALTERNATIVA DE TRATAMENTO DE SOLOS CONTAMINADOS COM METAIS TÓXICOS

  • Adeli Beatriz Braun Universidade de Passo Fundo
  • Adan William da Silva Trentin Universidade de Passo Fundo
  • Caroline Visentin Universidade de Passo Fundo
  • Antônio Thomé Universidade de Passo Fundo
Palavras-chave: Metais. Toxicidade. Tecnologias de tratamento. Biorremediação. Microorganismos.

Resumo

Este trabalho objetivou a realização de uma revisão bibliográfica sistemática e a discussão dos principais aspectos relacionados às técnicas de biorremediação utilizadas no tratamento de solos contaminados com metais tóxicos, com destaque para o metal chumbo. Elencou-se alguns estudos de caso com abordagem dos principais microorganismos utilizados e os fatores que influenciam nos resultados. O chumbo é um dos metais mais comumente encontrados no solo e a sua presença em organismos vivos é prejudicial em qualquer concentração, portanto, a aplicação de tecnologias para a sua remediação faz-se necessária para evitar efeitos nocivos ao meio ambiente e à saúde humana em função de sua alta toxicidade. No contexto das abordagens das tecnologias utilizadas no tratamento de solos contaminados com metais tóxicos, a biorremediação vem adquirindo importância significativa em função principalmente de seu baixo custo de aplicação, estética e aceitabilidade, sendo que, alguns processos associados à biorremediação, como a biolixiviação, biomineralização, biotransformação, bioacumulação e biossorção, mostram-se bastante eficazes para o tratamento de metais tóxicos. No caso dos metais, devido à sua não biodegrabilidade, a biorremediação pode ser alcançada fundamentalmente com a solubilização, estabilização, retenção ou alteração da especiação, com redução da toxicidade dos metais presentes no solo. Conclui-se, portanto, que embora uma grande variedade de gêneros, espécies e associações de microorganismos, fungos e bactérias principalmente, possam ser utilizadas na biorremediação de metais tóxicos, assegurar as condições microbianas fundamentais, a concentração ótima do metal e o tempo de exposição, são fatores essenciais na obtenção de eficiência nos resultados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adeli Beatriz Braun, Universidade de Passo Fundo
Programa de Pós Graduação em Engenharia Civil e Ambiental Área de remediação de áreas contaminadas
Publicado
2019-07-09
Como Citar
Braun, A., Trentin, A., Visentin, C., & Thomé, A. (2019). BIORREMEDIAÇÃO COMO ALTERNATIVA DE TRATAMENTO DE SOLOS CONTAMINADOS COM METAIS TÓXICOS. Revista CIATEC-UPF, 11(2), 73-87. https://doi.org/10.5335/ciatec.v11i2.8971
Seção
Artigos de Pesquisa nas Áreas de Ciências e Tecnologias