CINZAS DE BIOMASSA NA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL: ESTUDO BIBLIOMÉTRICO.

  • Carlos Cesar Araujo Junior Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
  • Odilar Costa Rondon Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
  • José Carlos Jesus-Lopes Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
  • Luiz Miguel Renda dos Santos Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Resumo

A indústria da construção civil consome vultosos montantes de recursos naturais e gera quantidades significativas de resíduos. Assim, o emprego de materiais alternativos mais sustentáveis é uma condição premente e indispensável. As cinzas processadas, originadas pela combustão de biomassa para geração de energia, são fonte potencial de insumos. Portanto, o objetivo é identificar o nível de progresso das pesquisas científicas sobre o tema, além do método e frequência com que este é abordado. A metodologia consistiu no emprego de técnicas bibliométricas para relacionar publicações enquadradas. Palavras chave específicas fundamentaram o início da busca e filtros foram utilizados para refina-la. Elencou-se, então, informações relativas ao título, autores e resumo das publicações para categoriza-las em função dos métodos de pesquisa. A classificação tipológica dividiu a amostra em dois grupos. O primeiro, que abrange pesquisas com metodologia quantitativa e finalidade experimental, formado por 42 trabalhos e, o segundo, cuja natureza e finalidade dos elementos são, respectivamente, qualitativa e básica, com 9. Os resultados demonstraram haver uma integração da comunidade científica por meio do intercâmbio de informações para avançar na produção de conhecimento. Ademais, constatou-se aumento do número de publicações durante o período analisado, o que indica incremento contínuo na relevância do tema.

Biografia do Autor

Carlos Cesar Araujo Junior, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Graduado em engenharia civil pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Especialista em Engenharia de Segurança do Trabalho pela Anhanguera e em Projeto, Execução e Controle de Estruturas e Fundações pelo IPOG. Discente do Programa de Mestrado Profissional em Eficiência Energética e Sustentabilidade (PPGES/FAENG/UFMS). Atua no cargo de Analista - Engenheiro civil lotado no Departamento de Engenharia do Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul, Rua Presidente Manuel Ferraz de Campos Salles, 214, Jardim Veraneio - CEP 79031-907, Campo Grande - MS
Odilar Costa Rondon, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Graduado em engenharia civil, pela UFMS. Mestre em Engenharia civil, pela UFF. Doutor em Engenharia civil, pela UFSC. Professor da disciplina Ciência e Tecnologia de Materiais do Programa de Mestrado Profissional em Eficiência Energética e Sustentabilidade (PPGES/FAENG/UFMS).
José Carlos Jesus-Lopes, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Doutor em Meio Ambiente e Desenvolvimento (MADE), pela UFPR. Mestre em Teoria Econômica pela UEM-PR. Pós-Graduado Lato Senso em Metodologia e Didática do Ensino Superior, pela UCSAL-BA. Bacharel em Ciências Econômicas, pela UCSAL-BA. Bacharel em Administração, com ênfase em Comércio Exterior, pela FECEA-PR. Professor das disciplinas Estado, Sociedade e Administração Pública, do Mestrado Profissional em Administração Pública em Rede (PROFIAP/ESAN/UFMS) e da de Seminários Temáticos II, do Mestrado Profissional em Eficiência Energética e Sustentabilidade (PPGES/FAENG/UFMS).
Luiz Miguel Renda dos Santos, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Graduado em Ciências Contábeis, pela UCDB-MS. Doutor em Financiamento e Pesquisa Comercial, pela UAM-Espanha e Mestre em Estudos Avançados em Finanças, pela UAM-Espanha. Especialista em Auditora pela UAM-Espanha, Contabilidade Avançada pela UAM-Espanha e Metodologia e Didática do Ensino Superior, pela UNIDERP-MS. Docente dos Programas de Mestrado Profissional em Administração Pública em Rede Nacional (PROFIAP/ESAN/UFMS) e do Mestrado Acadêmico em Ciências Contábeis (PPGCC/ESAN/UFMS).
Publicado
2018-10-15
Como Citar
Araujo Junior, C., Rondon, O., Jesus-Lopes, J. C., & Renda dos Santos, L. M. (2018). CINZAS DE BIOMASSA NA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL: ESTUDO BIBLIOMÉTRICO. Revista CIATEC-UPF, 10(2), 91-101. https://doi.org/10.5335/ciatec.v10i2.7751
Seção
Artigos de Pesquisa nas Áreas de Ciências e Tecnologias