USO DA BIOMASSA DE ALGAS COMO BIOSSORVENTE PARA REMOÇÃO DE METAIS PESADOS: UMA REVISÃO

  • Leila Cristina Bugs Universidade Federal da Fronteira Sul
  • Patrícia Mara Cuperitini Universidade Federal de Fronteira Sul
  • Taís Carla Wolf Universidade Federal da Fronteira Sul
  • Helen Treichel Universidade Federal da Fronteira Sul

Resumo

Neste trabalho busca-se realizar uma revisão bibliográfica referente aos processos de biossorção para remoção de metais pesados utilizando a biomassa de algas como biossorvente. Para tanto, inicialmente, faz-se uma análise sobre os tipos de algas, seguida da descrição dos principais processos utilizados para a produção do biossorvente e do processo de biossorção. E, por fim, são apresentados diversos resultados que são referência para esse estudo e que representam as melhores condições de operação da coluna de adsorção, além da eficiência do processo. Com base nestes resultados, pôde-se concluir que o uso de algas no processo de adsorção de metais pesados é eficiente e inovador, entretanto, seu uso apresenta algumas limitações, que devem ser analisadas para proporcionar a melhor condição de operação.
Publicado
2018-05-08
Como Citar
Bugs, L., Cuperitini, P., Wolf, T., & Treichel, H. (2018). USO DA BIOMASSA DE ALGAS COMO BIOSSORVENTE PARA REMOÇÃO DE METAIS PESADOS: UMA REVISÃO. Revista CIATEC-UPF, 10(1), 53-67. https://doi.org/10.5335/ciatec.v10i1.7183
Seção
Artigos de Pesquisa nas Áreas de Ciências e Tecnologias