REMOÇÃO DE NUTRIENTES, MICRORGANISMOS E MATÉRIA ORGÂNICA DE EFLUENTE DE INDÚSTRIA DE LATICÍNIOS POR PROCESSOS DE SEPARAÇÃO POR MEMBRANAS

Douglas Felipe Galvão, Eliane Rodrigues dos Santos Gomes

Resumo


As indústrias de laticínios são responsáveis por elevado consumo de água e elevada geração de efluentes. Com a escassez de recursos hídricos e a cobrança pelo uso da água, a minimização do consumo deste recurso nas indústrias é de suma importância para manter sua competitividade no mercado. O reúso industrial de efluentes torna-se importante, pois permite a utilização de águas de menor qualidade em processos que não exijam qualidade muito alta, reduzindo, consequentemente, o consumo nas indústrias. Nesse sentido, os processos de separação por membranas têm ganhado relevância no tratamento de efluentes e geração de águas de reúso. O presente estudo teve como objetivo estudar a eficiência dos processos de separação por membranas no tratamento de efluente de laticínio. Os resultados demonstraram que, os processos de MF e UF têm considerável capacidade de tratamento do efluente da indústria de laticínio, com eficiências que chegaram a 36,57% para nitrogênio total, 98,39% para óleos e graxas, 92,39% para DQO e 90,53% para DBO5. A membrana de MF demonstrou eficiência máxima na remoção de DQO, DBO5, nitrogênio amoniacal, fósforo, turbidez, óleos e graxas, sólidos totais voláteis e coliformes termotolerantes de 88,96, 90,53, 73,96, 38,46, 100, 95,89, 71,44 e 100%, respectivamente. A membrana de UF teve eficiência na remoção DQO, DBO5, nitrogênio amoniacal, fósforo, turbidez, óleos e graxas, sólidos totais voláteis e coliformes termotolerantes de 92,39, 90,29, 70,81, 20,51, 100, 97,26, 72,14 e 100%, respectivamente.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5335/ciatec.v10i1.6685

Revista de Ciências Exatas Aplicadas e Tecnológicas da Universidade de Passo Fundo - CIATEC-UPF. ISSN 2176-4565