VERTICALIZAÇÃO URBANA: UM QUANTITATIVO DE EDIFICAÇÕES VERTICAIS NA RUA DO COMÉRCIO EM IJUÍ - RS

Tarcisio Dorn de Oliveira, Marcio André Neumann, Lucas Gemelli Wieczorek

Resumo


A verticalização urbana constitui-se da apropriação do solo urbano, o qual representa mudanças sociais e econômicas, principalmente pelo déficit de moradia, sendo assim um marco revolucionário para paisagem urbana e um símbolo de modernidade. A partir da verticalização sem planejamento nas cidades, podem emergir consequências como geração de sombras, acarretando um aumento de umidade gerando assim problemas relacionados à saúde. As primeiras cidades onde ocorreu o processo de verticalização no Brasil foi São Paulo e Rio de Janeiro na década de 1920, sendo o primeiro edifício construído em 1912 na cidade de São Paulo, sendo este um edifício de escritórios e estabelecimentos comerciais e em 1925 foi o primeiro voltado para habitação. A metodologia utilizada para a elaboração deste artigo foi inicialmente uma revisão bibliográfica e posteriormente um estudo de caso com uma pesquisa quantitativa de prédios verticais localizados na Rua do Comércio em Ijuí, tendo com resultado as vantagens em se investir em edifícios verticais para o crescimento do município.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5335/ciatec.v10i1.6563

Revista de Ciências Exatas Aplicadas e Tecnológicas da Universidade de Passo Fundo - CIATEC-UPF. ISSN 2176-4565