CONSTRUÇÃO DE UM REATOR A PLASMA PARA TRATAMENTO SUPERFICIAL DE POLÍMEROS – APLICAÇÃO AO POLIESTIRENO (PS).

João Carlos Krause, Antonio Vanderlei dos Santos, Flavio Kieckov, Marcelo Paulo Stracke, Rubem Romero Panta

Resumo


A modificação superficial polimérica demonstra-se extremamente útil em inúmeras áreas em que propriedades superficiais do material, tais como, molhabilidade, biocompatibilidade, adesividade, microestrutura, entre outros, conduzem seus usos e aplicações em setores como tecnologia de membranas, aplicações medicinais e biotecnológicas e a tecnologia de materiais e recobrimentos. Muitas técnicas de tratamento superficiais já conhecidas apresentaram bons resultados na literatura, onde superfícies de polímeros que inicialmente demonstravam conter uma superfície hidrofóbica foram modificadas tornando-se hidrofílicas. Uma das técnicas utilizadas para modificação de superfícies poliméricas é a técnica de tratamento por plasma, utilizada neste projeto, que tem por objetivo empregar a técnica de modificação superficial para tratamento de um polímero para torná-lo hidrofílico. Neste sentido, aplicou-se a técnica de tratamento por plasma para modificar as propriedades superficiais do poliestireno (ps). Após o tratamento realizou-se medidas de ângulo de contato em água (wca) e obtendo-se resultados satisfatórios para este material, apontando características hidrofílicas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5335/ciatec.v8i2.5686

Revista de Ciências Exatas Aplicadas e Tecnológicas da Universidade de Passo Fundo - CIATEC-UPF. ISSN 2176-4565