HIDRÓLISE DE LACTOSE EM LEITE DE OVELHA E LEITE DE VACA

Marcela Czarnobay, Vandré Barbosa Brião, Vera Maria Rodrigues, Adriana Milani, Vinicius Castoldi

Resumo


Produtos lácteos derivados de leite de ovelha apresentam características organolépticas e nutricionais diferenciadas, o que os torna produtos de alto valor agregado. Assim como no leite de outras espécies, o leite de ovelha apresenta lactose em sua composição, sendo inadequado o consumo do leite e muitos derivados a indivíduos intolerantes à lactose sem que este carboidrato seja pré-hidrolisado pela enzima β-galactosidase. A hidrólise da lactose tem um efeito de diminuição no ponto de congelamento do leite, sendo possível estimar a porcentagem de hidrólise a partir da variação desta propriedade. O trabalho objetivou a comparação do comportamento do índice crioscópico em reações de hidrólise de lactose em leite de ovelha e leite de vaca. A composição química do leite das diferentes espécies foi determinada. Iniciada a reação, o tempo foi controlado e a crioscopia foi determinada em intervalos específicos, sendo possível estimar o grau de hidrólise através de equação de correlação. Os dados foram plotados ao longo do tempo e a reação dividida em intervalos conforme comportamento dos dados. Foi determinada a ordem da reação e os coeficientes cinéticos em cada intervalo. As reações apresentaram mesmas ordens de reação para os diferentes intervalos, sendo de ordem zero no intervalo inicial e, posteriormente, reações de segunda ordem. O índice crioscópico teve maior variação no leite de ovelha, o que pode indicar que a equação de correlação entre grau de hidrólise e variação de índice crioscópico, adequada ao controle da reação em leite de vaca não é aplicável ao leite de ovelha.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5335/ciatec.v9i1.4603

Revista de Ciências Exatas Aplicadas e Tecnológicas da Universidade de Passo Fundo - CIATEC-UPF. ISSN 2176-4565